Novas receitas

Tour Culinário da Noruega

Tour Culinário da Noruega

Em minha última viagem à Noruega, fiquei com uma família que morava nos arredores de Oslo, em um bairro situado no sopé de uma colina arborizada. A neve caiu continuamente durante a semana em que estive lá, mantendo um cobertor imaculado sobre a cidade. Embora meu corpo ansiava por pratos substanciais nas temperaturas frias, como refogados, guisados ​​e assados, fui apresentado a uma abordagem diferente e decididamente mais saudável para cozinhar em clima frio pelos noruegueses.

Ficar com uma família no exterior oferece a oportunidade única de mergulhar totalmente na cultura de um país. Além do mais, a maioria das famílias afirma que o que preparam nas cozinhas de suas casas é muito superior e mais fiel à tradição do que o que é servido nos restaurantes. E considerando que as refeições caseiras são tão cheias de histórias e memórias, e tão impregnadas de tradição, eu estaria inclinado a concordar.

A Noruega é totalmente delimitada por água de um lado, o que significa que os moradores podem cozinhar e comer peixes e frutos do mar recém pescados o ano todo. Na verdade, as criaturas d'água encontram seu caminho em quase todas as refeições na Noruega. Em um café da manhã típico, Koldtbord (o que a maioria sabe pelo termo sueco smörgåsbord), uma das muitas coberturas oferecidas é uma pasta de camarão em miniatura com maionese

salpicado com uma variedade de ovas rosa. Tão comum é Brunost, um queijo marrom incomumente doce. Feito de leite de cabra (chamado gjetost), leite de vaca ou uma combinação dos dois, o queijo é fervido por horas para emprestar sua cor distinta. Eu me peguei roubando cachos desse queijo irresistível e viciante entre as refeições, saboreando sua textura sedosa e sabor de caramelo. (Foto cortesia do Flickr / flickr.Marcus)

Meu outro alimento básico se tornou um deleite geralmente servido nos feriados, mas que minha família anfitriã generosamente fez para suprimir minha curiosidade. Lefse é o epítome da deliciosa simplicidade; é essencialmente apenas um pão achatado de manteiga, canela e açúcar (o pão achatado feito de batata e leite). Comendo Lefse trouxe de volta memórias da minha infância, sendo criada por uma au pair sueca que me fazia sanduíches de manteiga e açúcar (no pão Wonder, veja bem) para o almoço todos os dias. Para minha alegria, descobri que os noruegueses também faziam Lefse com Brunost!

Lefse à parte, os noruegueses são fiéis à reputação escandinava de uma dieta saudável. A maior parte do pão servido é integral, a proteína primária é o peixe e as sobremesas costumam ser leves e à base de frutas. Mas eles têm um talento especial para transformar pratos aparentemente leves em algo erroneamente carregado de culpa. Esqueça o guisado de carne - os alimentos de conforto dos noruegueses vêm na forma de sopa de peixe. A sopa de peixe pode não parecer uma refeição particularmente reconfortante para ser comida junto ao fogo no auge do inverno, mas na verdade, na Noruega, é luxuosa e reconfortante.

As sopas são mais frequentemente à base de creme, embora outros ingredientes variem dependendo do que está disponível - o peixe é a pesca mais fresca do dia, os vegetais são sazonais e assim por diante. O único não negociável é o estoque. Deve ser feito em casa, o que significa ferver restos de peixe (geralmente reservados com a última sopa de peixe). A partir daí, a sopa é coberta com vegetais, especiarias, natas (em várias formas - leite de coco, crème fraîche, iogurte), cubos de peixe (normalmente salmão e um peixe branco) e, por último, mexilhões. Servido com pãezinhos quentes e granulados, esta refeição reteve todos os elementos de um inverno

prato enquanto consegue se sentir nutritivo e saudável também.

Outra combinação de sabores noruegueses clássicos é peixe branco sedoso e amanteigado e bacon crocante e defumado. O bacon é frito até virar um carvão, depois cortado em cubos e esmigalhado por cima de um delicado filé de peixe como o bacalhau. Normalmente é servido com uma variedade de acompanhamentos, de aspargos e batatas a um saco de caviar. Minha família anfitriã esperava que eu sentisse repulsa por essa iguaria norueguesa comum, mas não só não senti repulsa, como a adorei. O saco de ovo tinha sido raspado do peixe que comíamos e estava tão fresco quanto estava. A textura era celestial - ligeiramente em borracha, mas suave, cremosa e não com cheiro de peixe, e diferente de qualquer caviar que eu já experimentei. (Foto cortesia do Flickr / Yukon White Light)

A carne vermelha tem um lugar na dieta norueguesa. Mais comuns do que a carne de bovino são as carnes de caça, como renas e alces. Fui tratado com veado à bolonhesa, que, ouso dizer, era ainda melhor do que seu equivalente com carne. A carne de veado tinha uma riqueza que complementava os tomates doces e o vinho tinto frutado, e havia algo tão perfeito em comê-la perto da janela enquanto a neve caía nas árvores lá fora.


Devore esses favoritos locais em um passeio gastronômico envolvente pela Geórgia e pela Armênia

Se você pensava que a Geórgia era apenas um estado, provavelmente também não está muito familiarizado com a Armênia. Essas duas nações da Europa Oriental, ambas ex-repúblicas soviéticas, fazem fronteira com o Oriente Médio e estão repletas de paisagens majestosas, desde vulcões e cânions até os picos cobertos de neve das montanhas do Cáucaso, com vilas pitorescas pontuando os espaços entre eles. A longa história da região é complicada e inspiradora, e sua rica herança culinária ajuda a desvendar os contos. Famosos por temperos saborosos que complementam ingredientes frescos, os pratos tradicionais da Geórgia e da Armênia são a entrada perfeita na cultura desta região submersa, e um passeio culinário envolvente pode ser sua melhor opção para explorar novos territórios com estilo delicioso.

Quando questionado por que a comida é um meio ideal para descobrir a região, Neil Coletta da Food Tours at Intrepid Travel disse:

Embora as paisagens, costumes e culturas sejam motivos suficientes para visitar a Armênia e a Geórgia, em nenhum lugar o verdadeiro caráter da região é mais evidente do que em suas distintas tradições alimentares. Seja você um estudante de história, um amante da natureza ou movido ao redor do globo pelo seu apetite, o Cáucaso, assim como as mesas tradicionais de seus respectivos países, tem tudo para oferecer: produtos frescos um equilíbrio entre carne salgada e doce e pratos à base de grãos e um profundo amor espiritual pelo pão. ”

Obtenha uma educação prática em tradições culinárias.

A Intrepid faz a curadoria de sua própria jornada de 10 dias com a excursão Armenia & amp Georgia Real Food Adventure, apresentando os seguintes destaques culinários para abrir seu apetite, tanto culinário quanto cultural.

1. Aprenda os segredos do pão de queijo perfeito

Os pães são apreciados na Geórgia.

Se você é intolerante ao glúten ou à lactose, vá direto para o número dois. Para o resto de vocês, poucos alimentos aquecem a alma como o pão, e adicionar queijo é sempre uma vitória, então prepare-se para o khachapuri. Às vezes chamada de torta de queijo, é normalmente um pão com queijo no centro, cercado por uma crosta que deve ser separada e mergulhada na delicadeza pegajosa de dentro. Existem muitas variedades, mas o estilo adjariano, com um ovo no meio, é o mais típico. Participe de uma demonstração de culinária khachapuri em Tbilisi, capital da Geórgia, e leve os segredos deste tesouro para casa com você. (Sim, você pode comê-los após a demonstração.)

2. Churrasco, ao estilo da Armênia

Churrasco não é apenas para o Texas. Na Armênia, os khorovats são um grande negócio. São carnes temperadas e espetadas, geralmente de porco, grelhadas em uma grelha e servidas em reuniões familiares. Deleite-se com khorovats em um restaurante armênio pitoresco para experimentar a comida local mais tradicional.

3. Beba com conhaque

A Yerevan Brandy Company destila o conhaque Ararat desde 1887, usando uvas brancas e água de nascente de acordo com um método tradicional que permaneceu praticamente inalterado ao longo do tempo. Faça uma visita guiada à fábrica (com degustações, é claro) e visite seu museu para entender o quão lendária esta aguardente é, e como sua produção artesanal permanece, desde barris construídos no local até suas distintas garrafas de vidro.

4. Beba e jante você mesmo, com amigos

Aprecie as distinções únicas do vinho georgiano.

vinícola e aprenda a diferença entre como o vinho georgiano é feito e engarrafado e como o resto do mundo o faz. Delicie-se com uma combinação de queijos e vinhos cuidadosamente selecionados e, em seguida, visite uma fazenda local para uma refeição adequada com a família (haverá mais vinho, é claro). Toda a refeição é do campo para a mesa ao extremo, com todos os ingredientes provenientes diretamente da propriedade, incluindo as uvas para vinho.

5. Comer Frango Ensopado

Prepare seu próprio banquete georgiano.

Originalmente preparado com (e nomeado em homenagem a) faisão, chakhokhbili é um ensopado de frango muito apreciado pelos georgianos. Pense nisso como a sopa de macarrão de galinha da Geórgia. Visite uma família em Tbilisi para fazer este guisado juntos e aprenda a aprender as receitas de vários outros pratos tradicionais. Depois que todo o trabalho é feito, não há mais nada a fazer a não ser colher os frutos de seu trabalho e festejar em suas criações.

Eu sou um viajante em tempo integral obcecado em experimentar tudo o que o mundo tem a oferecer (exceto mergulho com tubarões... Eu não quero falar sobre isso) e aprender a ser um

Eu sou um viajante em tempo integral obcecado em experimentar tudo o que o mundo tem a oferecer (exceto mergulho com tubarões... Eu não quero falar sobre isso) e aprender a ser um membro melhor da comunidade global. Eu viajei de todas as formas, desde o couchsurfing por dois meses até viagens VIP para os locais mais exclusivos. Entre outras especialidades, geralmente foco em viagens LGBT, viagens de animais de estimação e viagens gastronômicas, e posso ser lido em mais de uma dúzia de revistas e sites, incluindo Fodor's Travel, Global Traveller, MSN, OUT Magazine, OUT Traveler, The Advocate, Outpost Magazine e UPTOWN Magazine. Sou autor de três livros de receitas (dois para animais de estimação) e Bookstore Cats, e dois de meus filhos de quatro patas também são autores publicados. Encontre-me no Instagram em @thebrandonalexandr para acompanhar minhas aventuras sem fim.


Devore esses favoritos locais em um passeio gastronômico envolvente pela Geórgia e pela Armênia

Se você pensava que a Geórgia era apenas um estado, provavelmente também não está muito familiarizado com a Armênia. Essas duas nações da Europa Oriental, ambas ex-repúblicas soviéticas, fazem fronteira com o Oriente Médio e estão repletas de paisagens majestosas, desde vulcões e cânions até os picos cobertos de neve das montanhas do Cáucaso, com vilas pitorescas pontuando os espaços entre eles. A longa história da região é complicada e inspiradora, e sua rica herança culinária ajuda a desvendar os contos. Famosos por temperos saborosos que complementam ingredientes frescos, os pratos tradicionais da Geórgia e da Armênia são a entrada perfeita na cultura desta região submersa, e um passeio culinário envolvente pode ser sua melhor opção para explorar novos territórios com estilo delicioso.

Quando questionado por que a comida é um meio ideal para descobrir a região, Neil Coletta da Food Tours at Intrepid Travel disse:

Embora as paisagens, costumes e culturas sejam motivos suficientes para visitar a Armênia e a Geórgia, em nenhum lugar o verdadeiro caráter da região é mais evidente do que em suas distintas tradições alimentares. Seja você um estudante de história, um amante da natureza ou movido ao redor do globo pelo seu apetite, o Cáucaso, assim como as mesas tradicionais de seus respectivos países, tem tudo para oferecer: produtos frescos um equilíbrio entre carne salgada e doce e pratos à base de grãos e um profundo amor espiritual pelo pão. ”

Obtenha uma educação prática em tradições culinárias.

A Intrepid faz a curadoria de sua própria jornada de 10 dias com a excursão Armenia & amp Georgia Real Food Adventure, apresentando os seguintes destaques culinários para abrir seu apetite, tanto culinário quanto cultural.

1. Aprenda os segredos do pão de queijo perfeito

Os pães são apreciados na Geórgia.

Se você é intolerante ao glúten ou à lactose, vá direto para o número dois. Para o resto de vocês, poucos alimentos aquecem a alma como o pão, e adicionar queijo é sempre uma vitória, então prepare-se para o khachapuri. Às vezes chamada de torta de queijo, é normalmente um pão com queijo no centro, cercado por uma crosta que deve ser separada e mergulhada na delicadeza pegajosa de dentro. Existem muitas variedades, mas o estilo adjariano, com um ovo no meio, é o mais típico. Participe de uma demonstração de culinária khachapuri em Tbilisi, capital da Geórgia, e leve os segredos deste tesouro para casa com você. (Sim, você pode comê-los após a demonstração.)

2. Churrasco, ao estilo da Armênia

Churrasco não é apenas para o Texas. Na Armênia, os khorovats são um grande negócio. São carnes temperadas e espetadas, geralmente de porco, grelhadas em uma grelha e servidas em reuniões familiares. Deleite-se com khorovats em um restaurante armênio pitoresco para experimentar a comida local mais tradicional.

3. Beba com conhaque

A Yerevan Brandy Company destila o conhaque Ararat desde 1887, usando uvas brancas e água de nascente de acordo com um método tradicional que permaneceu praticamente inalterado ao longo do tempo. Faça uma visita guiada à fábrica (com degustações, é claro) e visite seu museu para entender o quão lendária esta aguardente é, e como sua produção artesanal permanece, desde barris construídos no local até suas distintas garrafas de vidro.

4. Beba e jante você mesmo, com amigos

Aprecie as distinções únicas do vinho georgiano.

vinícola e aprenda a diferença entre como o vinho georgiano é feito e engarrafado e como o resto do mundo o faz. Delicie-se com uma combinação de queijos e vinhos cuidadosamente selecionados e, em seguida, visite uma fazenda local para uma refeição adequada com a família (haverá mais vinho, é claro). Toda a refeição é do campo para a mesa ao extremo, com todos os ingredientes provenientes diretamente da propriedade, incluindo as uvas para vinho.

5. Comer Frango Ensopado

Prepare seu próprio banquete georgiano.

Originalmente preparado com (e nomeado em homenagem a) faisão, chakhokhbili é um ensopado de frango muito apreciado pelos georgianos. Pense nisso como a sopa de macarrão de galinha da Geórgia. Visite uma família em Tbilisi para fazer este guisado juntos e aprenda a aprender as receitas de vários outros pratos tradicionais. Depois que todo o trabalho é feito, não há mais nada a fazer a não ser colher os frutos de seu trabalho e festejar em suas criações.

Eu sou um viajante em tempo integral obcecado em experimentar tudo o que o mundo tem a oferecer (exceto mergulho com tubarões... Eu não quero falar sobre isso) e aprender a ser um

Eu sou um viajante em tempo integral obcecado em experimentar tudo o que o mundo tem a oferecer (exceto mergulho com tubarões... Eu não quero falar sobre isso) e aprender a ser um membro melhor da comunidade global. Eu viajei de todas as formas, desde o couchsurfing por dois meses até viagens VIP para os locais mais exclusivos. Entre outras especialidades, geralmente foco em viagens LGBT, viagens de animais de estimação e viagens gastronômicas, e posso ser lido em mais de uma dúzia de revistas e sites, incluindo Fodor's Travel, Global Traveller, MSN, OUT Magazine, OUT Traveler, The Advocate, Outpost Magazine e UPTOWN Magazine. Sou autor de três livros de receitas (dois para animais de estimação) e Bookstore Cats, e dois de meus filhos de quatro patas também são autores publicados. Encontre-me no Instagram em @thebrandonalexandr para acompanhar minhas aventuras sem fim.


Devore esses favoritos locais em um passeio gastronômico envolvente pela Geórgia e pela Armênia

Se você pensava que a Geórgia era apenas um estado, provavelmente também não está muito familiarizado com a Armênia. Essas duas nações da Europa Oriental, ambas ex-repúblicas soviéticas, fazem fronteira com o Oriente Médio e estão repletas de paisagens majestosas, desde vulcões e cânions até os picos cobertos de neve das montanhas do Cáucaso, com vilas pitorescas pontuando os espaços entre eles. A longa história da região é complicada e inspiradora, e sua rica herança culinária ajuda a desvendar os contos. Famosos por temperos saborosos que complementam ingredientes frescos, os pratos tradicionais da Geórgia e da Armênia são a entrada perfeita na cultura desta região submersa, e um passeio culinário envolvente pode ser sua melhor opção para explorar novos territórios com estilo delicioso.

Quando questionado por que a comida é um meio ideal para descobrir a região, Neil Coletta da Food Tours at Intrepid Travel disse:

Embora as paisagens, costumes e culturas sejam motivos suficientes para visitar a Armênia e a Geórgia, em nenhum lugar o verdadeiro caráter da região é mais evidente do que em suas distintas tradições alimentares. Seja você um estudante de história, um amante da natureza ou movido ao redor do globo pelo seu apetite, o Cáucaso, assim como as mesas tradicionais de seus respectivos países, tem tudo para oferecer: produtos frescos um equilíbrio entre carne salgada e doce e pratos à base de grãos e um profundo amor espiritual pelo pão. ”

Obtenha uma educação prática em tradições culinárias.

A Intrepid faz a curadoria de sua própria jornada de 10 dias com a excursão Armenia & amp Georgia Real Food Adventure, apresentando os seguintes destaques culinários para abrir seu apetite, tanto culinário quanto cultural.

1. Aprenda os segredos do pão de queijo perfeito

Os pães são apreciados na Geórgia.

Se você é intolerante ao glúten ou à lactose, vá direto para o número dois. Para o resto de vocês, poucos alimentos aquecem a alma como o pão, e adicionar queijo é sempre uma vitória, então prepare-se para o khachapuri. Às vezes chamada de torta de queijo, é normalmente um pão com queijo no centro, cercado por uma crosta que deve ser separada e mergulhada na delicadeza pegajosa de dentro. Existem muitas variedades, mas o estilo adjariano, com um ovo no meio, é o mais típico. Participe de uma demonstração de culinária khachapuri em Tbilisi, capital da Geórgia, e leve os segredos deste tesouro para casa com você. (Sim, você pode comê-los após a demonstração.)

2. Churrasco, ao estilo da Armênia

Churrasco não é apenas para o Texas. Na Armênia, os khorovats são um grande negócio. São carnes temperadas e espetadas, geralmente de porco, grelhadas em uma grelha e servidas em reuniões familiares. Deleite-se com khorovats em um restaurante armênio pitoresco para experimentar a comida local mais tradicional.

3. Beba com conhaque

A Yerevan Brandy Company destila o conhaque Ararat desde 1887, usando uvas brancas e água de nascente de acordo com um método tradicional que permaneceu praticamente inalterado ao longo do tempo. Faça uma visita guiada à fábrica (com degustações, é claro) e visite seu museu para entender o quão lendária esta aguardente é, e como sua produção artesanal permanece, desde barris construídos no local até suas distintas garrafas de vidro.

4. Beba e jante você mesmo, com amigos

Aprecie as distinções únicas do vinho georgiano.

vinícola e aprenda a diferença entre como o vinho georgiano é feito e engarrafado e como o resto do mundo o faz. Delicie-se com uma combinação de queijos e vinhos cuidadosamente selecionados e, em seguida, visite uma fazenda local para uma refeição adequada com a família (haverá mais vinho, é claro). Toda a refeição é do campo para a mesa ao extremo, com todos os ingredientes provenientes diretamente da propriedade, incluindo as uvas para vinho.

5. Comer Frango Ensopado

Prepare seu próprio banquete georgiano.

Originalmente preparado com (e nomeado em homenagem a) faisão, chakhokhbili é um ensopado de frango muito apreciado pelos georgianos. Pense nisso como a sopa de macarrão de galinha da Geórgia. Visite uma família em Tbilisi para fazer este guisado juntos e aprenda a aprender as receitas de vários outros pratos tradicionais. Depois que todo o trabalho é feito, não há mais nada a fazer a não ser colher os frutos de seu trabalho e festejar em suas criações.

Eu sou um viajante em tempo integral obcecado em experimentar tudo o que o mundo tem a oferecer (exceto mergulho com tubarões... Eu não quero falar sobre isso) e aprender a ser um

Eu sou um viajante em tempo integral obcecado em experimentar tudo o que o mundo tem a oferecer (exceto mergulho com tubarões... Eu não quero falar sobre isso) e aprender a ser um membro melhor da comunidade global. Eu viajei de todas as formas, desde o couchsurfing por dois meses até viagens VIP para os locais mais exclusivos. Entre outras especialidades, geralmente foco em viagens LGBT, viagens de animais de estimação e viagens gastronômicas, e posso ser lido em mais de uma dúzia de revistas e sites, incluindo Fodor's Travel, Global Traveller, MSN, OUT Magazine, OUT Traveler, The Advocate, Outpost Magazine e UPTOWN Magazine. Sou autor de três livros de receitas (dois para animais de estimação) e Bookstore Cats, e dois de meus filhos de quatro patas também são autores publicados. Encontre-me no Instagram em @thebrandonalexandr para acompanhar minhas aventuras sem fim.


Devore esses favoritos locais em um passeio gastronômico envolvente pela Geórgia e pela Armênia

Se você pensava que a Geórgia era apenas um estado, provavelmente também não está muito familiarizado com a Armênia. Essas duas nações da Europa Oriental, ambas ex-repúblicas soviéticas, fazem fronteira com o Oriente Médio e estão repletas de paisagens majestosas, desde vulcões e cânions até os picos cobertos de neve das montanhas do Cáucaso, com vilas pitorescas pontuando os espaços entre eles. A longa história da região é complicada e inspiradora, e sua rica herança culinária ajuda a desvendar os contos. Famosos por temperos saborosos que complementam ingredientes frescos, os pratos tradicionais da Geórgia e da Armênia são a entrada perfeita na cultura desta região submersa, e um passeio culinário envolvente pode ser sua melhor opção para explorar novos territórios com estilo delicioso.

Quando questionado por que a comida é um meio ideal para descobrir a região, Neil Coletta da Food Tours at Intrepid Travel disse:

Embora as paisagens, costumes e culturas sejam motivos suficientes para visitar a Armênia e a Geórgia, em nenhum lugar o verdadeiro caráter da região é mais evidente do que em suas distintas tradições alimentares. Seja você um estudante de história, um amante da natureza ou movido ao redor do globo pelo seu apetite, o Cáucaso, assim como as mesas tradicionais de seus respectivos países, tem tudo para oferecer: produtos frescos um equilíbrio entre carne salgada e doce e pratos à base de grãos e um profundo amor espiritual pelo pão. ”

Obtenha uma educação prática em tradições culinárias.

A Intrepid faz a curadoria de sua própria jornada de 10 dias com a excursão Armenia & amp Georgia Real Food Adventure, apresentando os seguintes destaques culinários para abrir seu apetite, tanto culinário quanto cultural.

1. Aprenda os segredos do pão de queijo perfeito

Os pães são apreciados na Geórgia.

Se você é intolerante ao glúten ou à lactose, vá direto para o número dois. Para o resto de vocês, poucos alimentos aquecem a alma como o pão, e adicionar queijo é sempre uma vitória, então prepare-se para o khachapuri. Às vezes chamada de torta de queijo, é normalmente um pão com queijo no centro, cercado por uma crosta que deve ser separada e mergulhada na delicadeza pegajosa de dentro. Existem muitas variedades, mas o estilo adjariano, com um ovo no meio, é o mais típico. Participe de uma demonstração de culinária khachapuri em Tbilisi, capital da Geórgia, e leve os segredos deste tesouro para casa com você. (Sim, você pode comê-los após a demonstração.)

2. Churrasco, ao estilo da Armênia

Churrasco não é apenas para o Texas. Na Armênia, os khorovats são um grande negócio. São carnes temperadas e espetadas, geralmente de porco, grelhadas em uma grelha e servidas em reuniões familiares. Deleite-se com khorovats em um restaurante armênio pitoresco para experimentar a comida local mais tradicional.

3. Beba com conhaque

A Yerevan Brandy Company destila o conhaque Ararat desde 1887, usando uvas brancas e água de nascente de acordo com um método tradicional que permaneceu praticamente inalterado ao longo do tempo. Faça uma visita guiada à fábrica (com degustações, é claro) e visite seu museu para entender o quão lendária esta aguardente é, e como sua produção artesanal permanece, desde barris construídos no local até suas distintas garrafas de vidro.

4. Beba e jante você mesmo, com amigos

Aprecie as distinções únicas do vinho georgiano.

vinícola e aprenda a diferença entre como o vinho georgiano é feito e engarrafado e como o resto do mundo o faz. Delicie-se com uma combinação de queijos e vinhos cuidadosamente selecionados e, em seguida, visite uma fazenda local para uma refeição adequada com a família (haverá mais vinho, é claro). Toda a refeição é do campo para a mesa ao extremo, com todos os ingredientes provenientes diretamente da propriedade, incluindo as uvas para vinho.

5. Comer Frango Ensopado

Prepare seu próprio banquete georgiano.

Originalmente preparado com (e nomeado em homenagem a) faisão, chakhokhbili é um ensopado de frango muito apreciado pelos georgianos. Pense nisso como a sopa de macarrão de galinha da Geórgia. Visite uma família em Tbilisi para fazer este guisado juntos e aprenda a aprender as receitas de vários outros pratos tradicionais. Depois que todo o trabalho é feito, não há mais nada a fazer a não ser colher os frutos de seu trabalho e festejar em suas criações.

Eu sou um viajante em tempo integral obcecado em experimentar tudo o que o mundo tem a oferecer (exceto mergulho com tubarões... Eu não quero falar sobre isso) e aprender a ser um

Eu sou um viajante em tempo integral obcecado em experimentar tudo o que o mundo tem a oferecer (exceto mergulho com tubarões... Eu não quero falar sobre isso) e aprender a ser um membro melhor da comunidade global. Eu viajei de todas as formas, desde o couchsurfing por dois meses até viagens VIP para os locais mais exclusivos. Entre outras especialidades, geralmente foco em viagens LGBT, viagens de animais de estimação e viagens gastronômicas, e posso ser lido em mais de uma dúzia de revistas e sites, incluindo Fodor's Travel, Global Traveller, MSN, OUT Magazine, OUT Traveler, The Advocate, Outpost Magazine e UPTOWN Magazine. Sou autor de três livros de receitas (dois para animais de estimação) e Bookstore Cats, e dois de meus filhos de quatro patas também são autores publicados. Encontre-me no Instagram em @thebrandonalexandr para acompanhar minhas aventuras sem fim.


Devore esses favoritos locais em um passeio gastronômico envolvente pela Geórgia e pela Armênia

Se você pensava que a Geórgia era apenas um estado, provavelmente também não está muito familiarizado com a Armênia. Essas duas nações da Europa Oriental, ambas ex-repúblicas soviéticas, fazem fronteira com o Oriente Médio e estão repletas de paisagens majestosas, desde vulcões e cânions até os picos cobertos de neve das montanhas do Cáucaso, com vilas pitorescas pontuando os espaços entre eles. A longa história da região é complicada e inspiradora, e sua rica herança culinária ajuda a desvendar os contos. Famosos por temperos saborosos que complementam ingredientes frescos, os pratos tradicionais da Geórgia e da Armênia são a entrada perfeita na cultura desta região submersa, e um passeio culinário envolvente pode ser sua melhor opção para explorar novos territórios com estilo delicioso.

Quando questionado por que a comida é um meio ideal para descobrir a região, Neil Coletta da Food Tours at Intrepid Travel disse:

Embora as paisagens, costumes e culturas sejam motivos suficientes para visitar a Armênia e a Geórgia, em nenhum lugar o verdadeiro caráter da região é mais evidente do que em suas distintas tradições alimentares. Seja você um estudante de história, um amante da natureza ou movido ao redor do globo pelo seu apetite, o Cáucaso, assim como as mesas tradicionais de seus respectivos países, tem tudo para oferecer: produtos frescos um equilíbrio entre carne salgada e doce e pratos à base de grãos e um profundo amor espiritual pelo pão. ”

Obtenha uma educação prática em tradições culinárias.

A Intrepid faz a curadoria de sua própria jornada de 10 dias com a excursão Armenia & amp Georgia Real Food Adventure, apresentando os seguintes destaques culinários para abrir seu apetite, tanto culinário quanto cultural.

1. Aprenda os segredos do pão de queijo perfeito

Os pães são apreciados na Geórgia.

Se você é intolerante ao glúten ou à lactose, vá direto para o número dois. Para o resto de vocês, poucos alimentos aquecem a alma como o pão, e adicionar queijo é sempre uma vitória, então prepare-se para o khachapuri. Às vezes chamada de torta de queijo, é normalmente um pão com queijo no centro, cercado por uma crosta que deve ser separada e mergulhada na delicadeza pegajosa de dentro. Existem muitas variedades, mas o estilo adjariano, com um ovo no meio, é o mais típico. Participe de uma demonstração de culinária khachapuri em Tbilisi, capital da Geórgia, e leve os segredos deste tesouro para casa com você. (Sim, você pode comê-los após a demonstração.)

2. Churrasco, ao estilo da Armênia

Churrasco não é apenas para o Texas. Na Armênia, os khorovats são um grande negócio. São carnes temperadas e espetadas, geralmente de porco, grelhadas em uma grelha e servidas em reuniões familiares. Deleite-se com khorovats em um restaurante armênio pitoresco para experimentar a comida local mais tradicional.

3. Beba com conhaque

A Yerevan Brandy Company destila o conhaque Ararat desde 1887, usando uvas brancas e água de nascente de acordo com um método tradicional que permaneceu praticamente inalterado ao longo do tempo. Faça uma visita guiada à fábrica (com degustações, é claro) e visite seu museu para entender o quão lendária esta aguardente é, e como sua produção artesanal permanece, desde barris construídos no local até suas distintas garrafas de vidro.

4. Beba e jante você mesmo, com amigos

Aprecie as distinções únicas do vinho georgiano.

vinícola e aprenda a diferença entre como o vinho georgiano é feito e engarrafado e como o resto do mundo o faz. Delicie-se com uma combinação de queijos e vinhos cuidadosamente selecionados e, em seguida, visite uma fazenda local para uma refeição adequada com a família (haverá mais vinho, é claro). Toda a refeição é do campo para a mesa ao extremo, com todos os ingredientes provenientes diretamente da propriedade, incluindo as uvas para vinho.

5. Comer Frango Ensopado

Prepare seu próprio banquete georgiano.

Originalmente preparado com (e nomeado em homenagem a) faisão, chakhokhbili é um ensopado de frango muito apreciado pelos georgianos. Pense nisso como a sopa de macarrão de galinha da Geórgia. Visite uma família em Tbilisi para fazer este guisado juntos e aprenda a aprender as receitas de vários outros pratos tradicionais. Depois que todo o trabalho é feito, não há mais nada a fazer a não ser colher os frutos de seu trabalho e festejar em suas criações.

Eu sou um viajante em tempo integral obcecado em experimentar tudo o que o mundo tem a oferecer (exceto mergulho com tubarões... Eu não quero falar sobre isso) e aprender a ser um

Eu sou um viajante em tempo integral obcecado em experimentar tudo o que o mundo tem a oferecer (exceto mergulho com tubarões... Eu não quero falar sobre isso) e aprender a ser um membro melhor da comunidade global. Eu viajei de todas as formas, desde o couchsurfing por dois meses até viagens VIP para os locais mais exclusivos. Entre outras especialidades, geralmente foco em viagens LGBT, viagens de animais de estimação e viagens gastronômicas, e posso ser lido em mais de uma dúzia de revistas e sites, incluindo Fodor's Travel, Global Traveller, MSN, OUT Magazine, OUT Traveler, The Advocate, Outpost Magazine e UPTOWN Magazine. Sou autor de três livros de receitas (dois para animais de estimação) e Bookstore Cats, e dois de meus filhos de quatro patas também são autores publicados. Encontre-me no Instagram em @thebrandonalexandr para acompanhar minhas aventuras sem fim.


Devore esses favoritos locais em um passeio gastronômico envolvente pela Geórgia e pela Armênia

Se você pensava que a Geórgia era apenas um estado, provavelmente também não está muito familiarizado com a Armênia. Essas duas nações da Europa Oriental, ambas ex-repúblicas soviéticas, fazem fronteira com o Oriente Médio e estão repletas de paisagens majestosas, desde vulcões e cânions até os picos cobertos de neve das montanhas do Cáucaso, com vilas pitorescas pontuando os espaços entre eles. A longa história da região é complicada e inspiradora, e sua rica herança culinária ajuda a desvendar os contos. Famous for flavorful spices complementing fresh ingredients, the traditional dishes of Georgia and Armenia are the perfect entrée into the culture of this undersung region, and an immersive culinary tour may be your best option for exploring new territory in delicious style.

When asked why food is an ideal means to discover the region, Neil Coletta of Food Tours at Intrepid Travel said,

While the landscapes, customs and cultures are reason enough to visit Armenia and Georgia, nowhere is the true character of the region more evident than in its distinctive food traditions. Whether you are a student of history, a lover of nature or are propelled around the globe by your appetite, the Caucasus, much like the traditional tables of their respective countries, have everything on offer: fresh produce a balance of savory and sweet meat and grain-based dishes and a deep, spiritual love of bread.”

Get a hands-on education in culinary traditions.

Intrepid curates its own 10-day journey with the Armenia & Georgia Real Food Adventure tour, featuring the following culinary highlights to whet your appetites, both culinary and cultural.

1. Learn the Secrets of Perfect Cheese Bread

Breads are beloved in Georgia.

If you’re gluten intolerant or lactose intolerant, go straight to number two. For the rest of you, few foods are as soul-warming as bread, and adding cheese is always a win, so get ready for khachapuri. Sometimes called cheese pie, this is typically bread with cheese in the center, bordered by a crust meant to be pulled apart and dipped in the gooey goodness within. There are lots of varieties, but Adjarian-style, with an egg in the middle, is the most typical. Attend a khachapuri cooking demonstration in Tbilisi, Georgia’s capital, and take the secrets of this treasure home with you. (Yes, you can eat them after the demonstration.)

2. Barbecue, Armenia-style

Barbecue isn’t only for Texas. In Armenia, khorovats are big business. Theyr’e spiced and skewered meats, often pork, barbecued on a grill and served at family gatherings. Feast on khorovats at a quaint Armenian restaurant to experience this most traditional of local fare.

3. Imbibe with Brandy

The Yerevan Brandy Company has been distilling Ararat brandy since 1887, using white grapes and spring water according to a traditional method that has remained largely unchanged through time. Take a guided tour of the factory (with tastings, of course) and visit its museum to understand just how legendary this brandy is, and how artisan their production remains, from barrels built on site to its distinctive glass bottles.

4. Wine and Dine Yourself, with Friends

Appreciate the unique distinctions of Georgian wine.

winery and learn the difference between how Georgian wine is made and bottled versus how the rest of the world does it. Indulge in a carefully curated wine and cheese pairing, then visit a local farm for a proper meal with the family (there will be more wine, of course). The entire meal is farm-to-table to the extreme with all ingredients sourced directly from the property, including the wine grapes.

5. Chow Down on Chicken Stew

Prepare your own Georgian feast.

Originally prepared with (and named for) pheasant, chakhokhbili is a chicken stew beloved by Georgians. Think of it as the chicken noodle soup of Georgia. Visit a family in Tbilisi to make this stew together, and master the recipes of several other traditional dishes, too. After all the work is done, there’s nothing left to do but reap the rewards of your labor and feast on your creations.

I’m a full-time globetrotter obsessed with experiencing everything the world has to offer (except shark diving . . . I don’t want to talk about it) and learning to be a

I’m a full-time globetrotter obsessed with experiencing everything the world has to offer (except shark diving . . . I don’t want to talk about it) and learning to be a better member of the global community. I’ve traveled every which way from couchsurfing for two months to VIP travel to the most exclusive locales. Among other specialties, I often focus on LGBT travel, pet travel, and foodie travel, and can be read in more than a dozen magazines and websites including Fodor’s Travel, Global Traveler, MSN, OUT Magazine, OUT Traveler, The Advocate, Outpost Magazine, and UPTOWN Magazine. I’m the author of three cookbooks (two for pets) and Bookstore Cats, and two of my four-legged children are published authors, too. Find me on Instagram at @thebrandonalexandr to follow my never-ending adventures.


Devour These Local Favorites On An Immersive Culinary Tour Of Georgia And Armenia

If you thought Georgia was just a state, you’re probably not terribly familiar with Armenia either. These two Eastern European nations, both former Soviet republics, border the Middle East and are packed with majestic landscapes from volcanoes and canyons to the snow-kissed peaks of the Caucasus Mountains, with picturesque villages punctuating the spaces between. The long history of the region is both complicated and inspiring, and their rich culinary heritage helps unravel the tales. Famous for flavorful spices complementing fresh ingredients, the traditional dishes of Georgia and Armenia are the perfect entrée into the culture of this undersung region, and an immersive culinary tour may be your best option for exploring new territory in delicious style.

When asked why food is an ideal means to discover the region, Neil Coletta of Food Tours at Intrepid Travel said,

While the landscapes, customs and cultures are reason enough to visit Armenia and Georgia, nowhere is the true character of the region more evident than in its distinctive food traditions. Whether you are a student of history, a lover of nature or are propelled around the globe by your appetite, the Caucasus, much like the traditional tables of their respective countries, have everything on offer: fresh produce a balance of savory and sweet meat and grain-based dishes and a deep, spiritual love of bread.”

Get a hands-on education in culinary traditions.

Intrepid curates its own 10-day journey with the Armenia & Georgia Real Food Adventure tour, featuring the following culinary highlights to whet your appetites, both culinary and cultural.

1. Learn the Secrets of Perfect Cheese Bread

Breads are beloved in Georgia.

If you’re gluten intolerant or lactose intolerant, go straight to number two. For the rest of you, few foods are as soul-warming as bread, and adding cheese is always a win, so get ready for khachapuri. Sometimes called cheese pie, this is typically bread with cheese in the center, bordered by a crust meant to be pulled apart and dipped in the gooey goodness within. There are lots of varieties, but Adjarian-style, with an egg in the middle, is the most typical. Attend a khachapuri cooking demonstration in Tbilisi, Georgia’s capital, and take the secrets of this treasure home with you. (Yes, you can eat them after the demonstration.)

2. Barbecue, Armenia-style

Barbecue isn’t only for Texas. In Armenia, khorovats are big business. Theyr’e spiced and skewered meats, often pork, barbecued on a grill and served at family gatherings. Feast on khorovats at a quaint Armenian restaurant to experience this most traditional of local fare.

3. Imbibe with Brandy

The Yerevan Brandy Company has been distilling Ararat brandy since 1887, using white grapes and spring water according to a traditional method that has remained largely unchanged through time. Take a guided tour of the factory (with tastings, of course) and visit its museum to understand just how legendary this brandy is, and how artisan their production remains, from barrels built on site to its distinctive glass bottles.

4. Wine and Dine Yourself, with Friends

Appreciate the unique distinctions of Georgian wine.

winery and learn the difference between how Georgian wine is made and bottled versus how the rest of the world does it. Indulge in a carefully curated wine and cheese pairing, then visit a local farm for a proper meal with the family (there will be more wine, of course). The entire meal is farm-to-table to the extreme with all ingredients sourced directly from the property, including the wine grapes.

5. Chow Down on Chicken Stew

Prepare your own Georgian feast.

Originally prepared with (and named for) pheasant, chakhokhbili is a chicken stew beloved by Georgians. Think of it as the chicken noodle soup of Georgia. Visit a family in Tbilisi to make this stew together, and master the recipes of several other traditional dishes, too. After all the work is done, there’s nothing left to do but reap the rewards of your labor and feast on your creations.

I’m a full-time globetrotter obsessed with experiencing everything the world has to offer (except shark diving . . . I don’t want to talk about it) and learning to be a

I’m a full-time globetrotter obsessed with experiencing everything the world has to offer (except shark diving . . . I don’t want to talk about it) and learning to be a better member of the global community. I’ve traveled every which way from couchsurfing for two months to VIP travel to the most exclusive locales. Among other specialties, I often focus on LGBT travel, pet travel, and foodie travel, and can be read in more than a dozen magazines and websites including Fodor’s Travel, Global Traveler, MSN, OUT Magazine, OUT Traveler, The Advocate, Outpost Magazine, and UPTOWN Magazine. I’m the author of three cookbooks (two for pets) and Bookstore Cats, and two of my four-legged children are published authors, too. Find me on Instagram at @thebrandonalexandr to follow my never-ending adventures.


Devour These Local Favorites On An Immersive Culinary Tour Of Georgia And Armenia

If you thought Georgia was just a state, you’re probably not terribly familiar with Armenia either. These two Eastern European nations, both former Soviet republics, border the Middle East and are packed with majestic landscapes from volcanoes and canyons to the snow-kissed peaks of the Caucasus Mountains, with picturesque villages punctuating the spaces between. The long history of the region is both complicated and inspiring, and their rich culinary heritage helps unravel the tales. Famous for flavorful spices complementing fresh ingredients, the traditional dishes of Georgia and Armenia are the perfect entrée into the culture of this undersung region, and an immersive culinary tour may be your best option for exploring new territory in delicious style.

When asked why food is an ideal means to discover the region, Neil Coletta of Food Tours at Intrepid Travel said,

While the landscapes, customs and cultures are reason enough to visit Armenia and Georgia, nowhere is the true character of the region more evident than in its distinctive food traditions. Whether you are a student of history, a lover of nature or are propelled around the globe by your appetite, the Caucasus, much like the traditional tables of their respective countries, have everything on offer: fresh produce a balance of savory and sweet meat and grain-based dishes and a deep, spiritual love of bread.”

Get a hands-on education in culinary traditions.

Intrepid curates its own 10-day journey with the Armenia & Georgia Real Food Adventure tour, featuring the following culinary highlights to whet your appetites, both culinary and cultural.

1. Learn the Secrets of Perfect Cheese Bread

Breads are beloved in Georgia.

If you’re gluten intolerant or lactose intolerant, go straight to number two. For the rest of you, few foods are as soul-warming as bread, and adding cheese is always a win, so get ready for khachapuri. Sometimes called cheese pie, this is typically bread with cheese in the center, bordered by a crust meant to be pulled apart and dipped in the gooey goodness within. There are lots of varieties, but Adjarian-style, with an egg in the middle, is the most typical. Attend a khachapuri cooking demonstration in Tbilisi, Georgia’s capital, and take the secrets of this treasure home with you. (Yes, you can eat them after the demonstration.)

2. Barbecue, Armenia-style

Barbecue isn’t only for Texas. In Armenia, khorovats are big business. Theyr’e spiced and skewered meats, often pork, barbecued on a grill and served at family gatherings. Feast on khorovats at a quaint Armenian restaurant to experience this most traditional of local fare.

3. Imbibe with Brandy

The Yerevan Brandy Company has been distilling Ararat brandy since 1887, using white grapes and spring water according to a traditional method that has remained largely unchanged through time. Take a guided tour of the factory (with tastings, of course) and visit its museum to understand just how legendary this brandy is, and how artisan their production remains, from barrels built on site to its distinctive glass bottles.

4. Wine and Dine Yourself, with Friends

Appreciate the unique distinctions of Georgian wine.

winery and learn the difference between how Georgian wine is made and bottled versus how the rest of the world does it. Indulge in a carefully curated wine and cheese pairing, then visit a local farm for a proper meal with the family (there will be more wine, of course). The entire meal is farm-to-table to the extreme with all ingredients sourced directly from the property, including the wine grapes.

5. Chow Down on Chicken Stew

Prepare your own Georgian feast.

Originally prepared with (and named for) pheasant, chakhokhbili is a chicken stew beloved by Georgians. Think of it as the chicken noodle soup of Georgia. Visit a family in Tbilisi to make this stew together, and master the recipes of several other traditional dishes, too. After all the work is done, there’s nothing left to do but reap the rewards of your labor and feast on your creations.

I’m a full-time globetrotter obsessed with experiencing everything the world has to offer (except shark diving . . . I don’t want to talk about it) and learning to be a

I’m a full-time globetrotter obsessed with experiencing everything the world has to offer (except shark diving . . . I don’t want to talk about it) and learning to be a better member of the global community. I’ve traveled every which way from couchsurfing for two months to VIP travel to the most exclusive locales. Among other specialties, I often focus on LGBT travel, pet travel, and foodie travel, and can be read in more than a dozen magazines and websites including Fodor’s Travel, Global Traveler, MSN, OUT Magazine, OUT Traveler, The Advocate, Outpost Magazine, and UPTOWN Magazine. I’m the author of three cookbooks (two for pets) and Bookstore Cats, and two of my four-legged children are published authors, too. Find me on Instagram at @thebrandonalexandr to follow my never-ending adventures.


Devour These Local Favorites On An Immersive Culinary Tour Of Georgia And Armenia

If you thought Georgia was just a state, you’re probably not terribly familiar with Armenia either. These two Eastern European nations, both former Soviet republics, border the Middle East and are packed with majestic landscapes from volcanoes and canyons to the snow-kissed peaks of the Caucasus Mountains, with picturesque villages punctuating the spaces between. The long history of the region is both complicated and inspiring, and their rich culinary heritage helps unravel the tales. Famous for flavorful spices complementing fresh ingredients, the traditional dishes of Georgia and Armenia are the perfect entrée into the culture of this undersung region, and an immersive culinary tour may be your best option for exploring new territory in delicious style.

When asked why food is an ideal means to discover the region, Neil Coletta of Food Tours at Intrepid Travel said,

While the landscapes, customs and cultures are reason enough to visit Armenia and Georgia, nowhere is the true character of the region more evident than in its distinctive food traditions. Whether you are a student of history, a lover of nature or are propelled around the globe by your appetite, the Caucasus, much like the traditional tables of their respective countries, have everything on offer: fresh produce a balance of savory and sweet meat and grain-based dishes and a deep, spiritual love of bread.”

Get a hands-on education in culinary traditions.

Intrepid curates its own 10-day journey with the Armenia & Georgia Real Food Adventure tour, featuring the following culinary highlights to whet your appetites, both culinary and cultural.

1. Learn the Secrets of Perfect Cheese Bread

Breads are beloved in Georgia.

If you’re gluten intolerant or lactose intolerant, go straight to number two. For the rest of you, few foods are as soul-warming as bread, and adding cheese is always a win, so get ready for khachapuri. Sometimes called cheese pie, this is typically bread with cheese in the center, bordered by a crust meant to be pulled apart and dipped in the gooey goodness within. There are lots of varieties, but Adjarian-style, with an egg in the middle, is the most typical. Attend a khachapuri cooking demonstration in Tbilisi, Georgia’s capital, and take the secrets of this treasure home with you. (Yes, you can eat them after the demonstration.)

2. Barbecue, Armenia-style

Barbecue isn’t only for Texas. In Armenia, khorovats are big business. Theyr’e spiced and skewered meats, often pork, barbecued on a grill and served at family gatherings. Feast on khorovats at a quaint Armenian restaurant to experience this most traditional of local fare.

3. Imbibe with Brandy

The Yerevan Brandy Company has been distilling Ararat brandy since 1887, using white grapes and spring water according to a traditional method that has remained largely unchanged through time. Take a guided tour of the factory (with tastings, of course) and visit its museum to understand just how legendary this brandy is, and how artisan their production remains, from barrels built on site to its distinctive glass bottles.

4. Wine and Dine Yourself, with Friends

Appreciate the unique distinctions of Georgian wine.

winery and learn the difference between how Georgian wine is made and bottled versus how the rest of the world does it. Indulge in a carefully curated wine and cheese pairing, then visit a local farm for a proper meal with the family (there will be more wine, of course). The entire meal is farm-to-table to the extreme with all ingredients sourced directly from the property, including the wine grapes.

5. Chow Down on Chicken Stew

Prepare your own Georgian feast.

Originally prepared with (and named for) pheasant, chakhokhbili is a chicken stew beloved by Georgians. Think of it as the chicken noodle soup of Georgia. Visit a family in Tbilisi to make this stew together, and master the recipes of several other traditional dishes, too. After all the work is done, there’s nothing left to do but reap the rewards of your labor and feast on your creations.

I’m a full-time globetrotter obsessed with experiencing everything the world has to offer (except shark diving . . . I don’t want to talk about it) and learning to be a

I’m a full-time globetrotter obsessed with experiencing everything the world has to offer (except shark diving . . . I don’t want to talk about it) and learning to be a better member of the global community. I’ve traveled every which way from couchsurfing for two months to VIP travel to the most exclusive locales. Among other specialties, I often focus on LGBT travel, pet travel, and foodie travel, and can be read in more than a dozen magazines and websites including Fodor’s Travel, Global Traveler, MSN, OUT Magazine, OUT Traveler, The Advocate, Outpost Magazine, and UPTOWN Magazine. I’m the author of three cookbooks (two for pets) and Bookstore Cats, and two of my four-legged children are published authors, too. Find me on Instagram at @thebrandonalexandr to follow my never-ending adventures.


Devour These Local Favorites On An Immersive Culinary Tour Of Georgia And Armenia

If you thought Georgia was just a state, you’re probably not terribly familiar with Armenia either. These two Eastern European nations, both former Soviet republics, border the Middle East and are packed with majestic landscapes from volcanoes and canyons to the snow-kissed peaks of the Caucasus Mountains, with picturesque villages punctuating the spaces between. The long history of the region is both complicated and inspiring, and their rich culinary heritage helps unravel the tales. Famous for flavorful spices complementing fresh ingredients, the traditional dishes of Georgia and Armenia are the perfect entrée into the culture of this undersung region, and an immersive culinary tour may be your best option for exploring new territory in delicious style.

When asked why food is an ideal means to discover the region, Neil Coletta of Food Tours at Intrepid Travel said,

While the landscapes, customs and cultures are reason enough to visit Armenia and Georgia, nowhere is the true character of the region more evident than in its distinctive food traditions. Whether you are a student of history, a lover of nature or are propelled around the globe by your appetite, the Caucasus, much like the traditional tables of their respective countries, have everything on offer: fresh produce a balance of savory and sweet meat and grain-based dishes and a deep, spiritual love of bread.”

Get a hands-on education in culinary traditions.

Intrepid curates its own 10-day journey with the Armenia & Georgia Real Food Adventure tour, featuring the following culinary highlights to whet your appetites, both culinary and cultural.

1. Learn the Secrets of Perfect Cheese Bread

Breads are beloved in Georgia.

If you’re gluten intolerant or lactose intolerant, go straight to number two. For the rest of you, few foods are as soul-warming as bread, and adding cheese is always a win, so get ready for khachapuri. Sometimes called cheese pie, this is typically bread with cheese in the center, bordered by a crust meant to be pulled apart and dipped in the gooey goodness within. There are lots of varieties, but Adjarian-style, with an egg in the middle, is the most typical. Attend a khachapuri cooking demonstration in Tbilisi, Georgia’s capital, and take the secrets of this treasure home with you. (Yes, you can eat them after the demonstration.)

2. Barbecue, Armenia-style

Barbecue isn’t only for Texas. In Armenia, khorovats are big business. Theyr’e spiced and skewered meats, often pork, barbecued on a grill and served at family gatherings. Feast on khorovats at a quaint Armenian restaurant to experience this most traditional of local fare.

3. Imbibe with Brandy

The Yerevan Brandy Company has been distilling Ararat brandy since 1887, using white grapes and spring water according to a traditional method that has remained largely unchanged through time. Take a guided tour of the factory (with tastings, of course) and visit its museum to understand just how legendary this brandy is, and how artisan their production remains, from barrels built on site to its distinctive glass bottles.

4. Wine and Dine Yourself, with Friends

Appreciate the unique distinctions of Georgian wine.

winery and learn the difference between how Georgian wine is made and bottled versus how the rest of the world does it. Indulge in a carefully curated wine and cheese pairing, then visit a local farm for a proper meal with the family (there will be more wine, of course). The entire meal is farm-to-table to the extreme with all ingredients sourced directly from the property, including the wine grapes.

5. Chow Down on Chicken Stew

Prepare your own Georgian feast.

Originally prepared with (and named for) pheasant, chakhokhbili is a chicken stew beloved by Georgians. Think of it as the chicken noodle soup of Georgia. Visit a family in Tbilisi to make this stew together, and master the recipes of several other traditional dishes, too. After all the work is done, there’s nothing left to do but reap the rewards of your labor and feast on your creations.

I’m a full-time globetrotter obsessed with experiencing everything the world has to offer (except shark diving . . . I don’t want to talk about it) and learning to be a

I’m a full-time globetrotter obsessed with experiencing everything the world has to offer (except shark diving . . . I don’t want to talk about it) and learning to be a better member of the global community. I’ve traveled every which way from couchsurfing for two months to VIP travel to the most exclusive locales. Among other specialties, I often focus on LGBT travel, pet travel, and foodie travel, and can be read in more than a dozen magazines and websites including Fodor’s Travel, Global Traveler, MSN, OUT Magazine, OUT Traveler, The Advocate, Outpost Magazine, and UPTOWN Magazine. I’m the author of three cookbooks (two for pets) and Bookstore Cats, and two of my four-legged children are published authors, too. Find me on Instagram at @thebrandonalexandr to follow my never-ending adventures.


Assista o vídeo: É ISSO QUE ELES COMEM AQUI NA NORUEGA. Comida típica. Vida na Noruega . Morar fora #6 (Novembro 2021).