Novas receitas

Bolo de biscoito de sobremesa com creme de caramelo e geleia de pêssego

Bolo de biscoito de sobremesa com creme de caramelo e geleia de pêssego

Primeiro preparamos o café que temos que deixar esfriar.

Preparei no filtro, adicionando mais 3 colheres de chá com uma pitada de café, a 210 ml de água, depois adociquei com uma colher de chá de açúcar.

Quando esfriou, acrescentei 2 colheres de chá de licor de amaretto, que adoro muito.

Preparamos o creme.

Despeje o chantilly em uma tigela alta, que coloquei no freezer por 10 minutos, para ficar frio, em sintonia com o creme de leite.

Recorremos a este procedimento para nos certificarmos de que o creme está bem misturado e não corta.

Misturamos as natas, primeiro numa fase inferior, e ao longo do caminho, depois de começar a desenvolver, passamos à fase seguinte.

No final, acrescente o açúcar de confeiteiro, depois toda a quantidade de caramelo condensado e misture, reduzindo novamente o passo.

Adicionamos um pouco de sal para acentuar o sabor.

Usei chantilly LaDorna em latas de 200 ml. Não sei por que, mas me deu a impressão de que bate melhor que o da caixa de 1 L. Talvez seja só uma impressão, mas todas as vezes consegui controlar bem o creme, com esse peso.

Deixe o creme esfriar.

Preparamos a geléia de pêssego.

No recipiente do liquidificador, colocamos a compota de pêssego, mas também paramos 3 pedaços de fruta, para adicioná-los posteriormente na geleia.

Passe então a compota no liquidificador, depois na peneira, para ficar bem, misture com o amido e ferva a geleia em banho-maria até engrossar de forma consistente.

Adicione um pouco de sal para dar sabor e deixe esfriar.

Usei compota de pêssego sem caroço, cortada ao meio.

Cortei as três metades dos pêssegos em cubos e acrescentei à geleia.

Montamos os bolos em duas bandejas de bolo (a minha tinha as seguintes dimensões: b = 7 cm, B = 11 cm, H = 8 cm, L = 27 cm)

Cobrimos o interior das bandejas com papel alumínio, para facilitar a remoção das bandejas.

Passamos os biscoitos pelo café por um segundo, depois cobrimos a base da bandeja e as paredes com eles.

Espalhe 1/4 do creme de caramelo em cada bandeja e coloque uma camada de biscoitos em calda no café.

Espalhe metade da geleia de pêssego misturada com os pêssegos em cubos e, em seguida, outra fileira de biscoitos com calda.

Segue-se o resto do creme de caramelo e no final, biscoitos melados.

No final, encaixaram dois biscoitos em fila e cobriram completamente a camada de creme.

Deixe as bandejas esfriar por pelo menos uma hora, depois vire os bolos nas bandejas, retire o papel alumínio e cubra-os.

Para a cobertura, aqueça o chantilly e derreta o chocolate partido em pedaços.

Homogeneizar bem a cobertura e deitar quente sobre os bolos.

Deixe escorrer livremente e espalhe rapidamente nas paredes laterais com uma espátula e polvilhe com chocolate ralado.

Eu tinha um duo de chocolate e alguns enfeites de chocolate em forma de coração.

Damos os bolos de biscoito com creme de caramelo e geleia de pêssego, gelados por 30 minutos, depois podemos porá-los e saboreá-los com grande apetite, junto com nossos entes queridos.

Que seja útil para você!


A cozinha da nossa casa

Este bolo é muito atípico, para começar, porque não tem a camada habitual de natas, pelo menos não antes de o levar ao forno para depois assar, não há necessidade de assar a parte superior separadamente e depois espalhar o creme. Na foto parece um bolo comum, mas na realidade é especial. e rápido.


INGREDIENTES para uma forma com um diâmetro de 22 cm:
"CREME"
150g de biscoitos digestivos / cacau
50g de amendoins grandes
50g de açúcar mascavo
5g de cacau / ness
1/2 colher de chá de canela
50g de manteiga fria
TRIGO:
150g de manteiga macia
50-100g de açúcar
2 ovos (100g)
1 colher de chá de essência de baunilha
200g de farinha para bolos
1 colher de chá de fermento em pó
150g de iogurte puro ou cremoso
BEZEA (opcional):
2 claras de ovo
110g velho
1 colher de chá de suco de limão

PREPARAÇÃO:
1. Numa tigela, misture os biscoitos triturados, as nozes moídas, o açúcar, a canela e o ness / cacau. Adicione a manteiga fria e incorpore amassando com a mão. Isso é deixado de lado.
2. Peneire a farinha junto com o fermento.
A manteiga é misturada com o açúcar refinado até ficar cremosa. Adicione a essência e o sal.
Os ovos são adicionados um de cada vez, mexendo depois de cada um.
Incorpore a farinha com uma espátula. Nesta fase, a massa estará bastante dura e firme.
O iogurte é adicionado em 4-5 parcelas, misturando bem a cada vez. Devido ao iogurte, a massa ficará cremosa e adquirirá uma consistência ligeiramente líquida, mas um pouco mais grossa que a tampa do pandispan.
3. Cubra o fundo de uma assadeira com papel manteiga e unte as paredes removíveis com manteiga.
Espalhe 1/3 da composição do biscoito no fundo da bandeja e pressione com uma colher.
Adicione 1/2 da massa, seguido por outro terço da composição do biscoito. Esta ação é repetida duas vezes, sendo a última camada acima feita de biscoitos.
A composição da "massa" será espalhada numa camada bastante fina, mas quando cozida ficará 3 vezes mais espessa. Coloquei "massa" entre aspas, porque depois de assada ela fica, surpreendentemente, cremosa.

Se você quiser um bolo mais doce, pode adicionar uma camada de merengue, obtida da seguinte forma:
4. Açúcar, suco de limão e um dos 2 ovos são misturados por 2 minutos, em seguida, adicione o segundo ovo, mexendo por pelo menos 6 minutos ou até que a composição esteja firme no alvo quando for virado para cima.
O merengue é espalhado sobre o bolo, nivelado e decorado com flocos de chocolate.

Asse o bolo por 35-40 minutos em fogo médio (170C).
Deixe esfriar no forno por 30 minutos, depois retire as paredes da bandeja. Não há necessidade de passar uma faca em volta do bolo.
O bolo pode ser armazenado à temperatura ambiente. Se for quadrado na geladeira, antes de ser servido, espere que atinja a temperatura ambiente, pois ficar na geladeira endurece a manteiga da composição.


Tudo

Bato os ovos com o açúcar, o açúcar de baunilha e o sal em pó,

Eu adicionei o óleo e misturei. Eu esmaguei as bananas com um garfo,

Adicionei uma colher de chá de canela e adicionei à composição do ovo também adicionei farinha misturada com fermento em pó

e eu coloco no forno no calor certo
Bati os ovos junto com o açúcar no banho de vapor até ver que dobraram de volume e engrossaram, deixei de lado para esfriar. Derreti o chocolate com 100 ml de chantilly, misturei com o néctar de pêssego, coloquei sobre a composição do ovo e misturei bem. Coloquei a gelatina no creme quente e deixei esfriar até começar a engrossar um pouco. Entretanto, bata bem os restantes 4000 ml de natas batidas e, quando o creme de morango começar a engrossar um pouco, misture com as natas batidas.

Eu também tive ajuda com este bolo


conjunto
Cortei o topo em três, coloquei a primeira folha, xaropei com o suco da compota de pêssego, coloquei metade do creme, pêssegos fatiados

2ª folha, xarope, untado com uma fina camada de geléia de damasco,


a outra metade creme,

última folha superior, xaroposa e refrigerada. Depois que o creme endureceu, eu tirei


A cozinha da nossa casa

Meus planos com o bolo 2 para o dia do nome de Alexandra foram frustrados pelo pequeno espaço oferecido pelas gavetas do freezer (eu queria experimentar um bolo com bancada vertical decorada), então tive que ir para a versão já clássica: bolo de queijo, iogurte e chantilly, cremes de frutas e, a pedido especial do feriado, geleia de amora.


INGREDIENTES DA MESA para 20 porções (28cm):
5 ovos marido
130g de idade
2 saquetas de açúcar baunilha
150g de farinha
uma pitada de sal

CREME:
500g de queijo cremoso
450g de iogurte natural
200g de idade
2-3 colheres de sopa de essência de baunilha
2 sachês de gelatina
400g de creme liquido
1 saqueta de chantilly
1 manga grande (para uma cor mais intensa, 2 frutas funcionam melhor)

GELÉIA:
450g mure
120g velho
1 colher de sopa de essência de baunilha
150ml de água
4 folhas de gelatina

Geléia de amoras é obtido a partir de coulis de amora, preparado como AQUI.
Como usei alguns dos ingredientes da geleia para xarar a cobertura, preparei os Coulis com o resto do bolo, mas preparei a geleia e coloquei no bolo somente depois que o creme endureceu (no caso, no dia seguinte).
Antes de passar a mistura de frutas fervidas, reserve cerca de 10 colheres de sopa do suco obtido da fervura. Será usado para xarope a bancada.
O resto do suco e da fruta são passados ​​e peneirados para remover as sementes.

Folha Pandispan é preparado como AQUI.
Corte a parte convexa da bancada e coloque-a na bandeja de bolo.

Para creme Misture, em uma tigela grande, o queijo, o iogurte, o açúcar e a essência de baunilha.
O creme obtido divide-se em duas partes: uma menor para o creme de manga e outra maior para a branca (simples). A tigela com a mistura de cream cheese simples é colocada na geladeira.

Mergulhe (juntas ou separadamente) as 2 saquetas de gelatina em 100 e 200ml de água fria, respectivamente. Se forem embebidos juntos (2 sachês em 200ml de água), deve-se tomar cuidado para que a gelatina se espalhe uniformemente na superfície da água para que possa ser facilmente dividida ao meio para a próxima etapa, quando é dissolvida no fogo pouco.
Uma vez que a gelatina se dissolva, retire do fogo e, ainda quente, despeje em uma camada fina sobre o cream cheese deixado de fora, mexendo sempre.

Bata o creme líquido por alguns minutos, e depois que começar a endurecer um pouco, acrescente o pó endurecedor, aos poucos.

Metade do chantilly é adicionado sobre o creme de gelatina.

Prepare à parte o purê de manga, a partir da fruta fatiada. O purê é incorporado à composição previamente preparada.

O topo é coberto com xarope de amora deixada de lado do preparo de Coulis.

Despeje o creme de manga por cima da calda e nivele o creme de manga, coloque o bolo ainda não acabado na geladeira e retire o restante do cream cheese.

Prepare o restante da gelatina no fogo, incorpore no restante do queijo e por último acrescente o restante do chantilly.
O creme assim obtido é derramado sobre a manga, a seguir a forma é coberta com papel alumínio e refrigerada por cerca de 6 horas (durante a noite).

Prepare a geléia 2-3 horas antes de servir.
O coulis aquece sem ferver.
Mergulhe as folhas de gelatina em água fria e deixe por 10 minutos.
No final do intervalo retire da água, escorra, depois acrescente à tigela com purê de amora (Coulis), mexa um pouco (alguns segundos), até não sentir mais as folhas na composição.
A tigela com a geleia quente é resfriada em banho-maria fria, até que esteja levemente quente, após o que é vertida sobre o bolo.

Como me pareceu que a parte de cima do bolo estava muito escura, acrescentei alguns pedaços de chocolate branco à geleia.

Como não dei tempo para que a gelatina endurecesse, ao transportar e levantar o bolo para colocá-lo na prateleira da geladeira, tive que me movimentar com muita facilidade, para não tirar os chocolates do lugar. Portanto, para não me incomodar com o passeio do caracol, da próxima vez deixarei a geleia por 5 minutos no frio, depois acrescentarei a decoração. :)


A cozinha da nossa casa

Eu também fiz isso: o primeiro bolo de beliche, coberto de fondant. Quando acabei de tratar os bolos de fondant, uma querida amiga surgiu com este novo desafio, para o aniversário de sua filha Eva, uma geléia de menina.
Depois de muitas horas de trabalho, o bolo foi apreciado e admirado, e pude respirar aliviada ao pensar que fora um sucesso.
Obrigada Alexandra pelo pedido e Anca pela ajuda! & lt3

INGREDIENTE DE TRIGO:
BOLO 28cm:
8 ovos
200g de idade
sal, essência
240g de farinha para bolo

BOLO 18cm:
4 ovos
100g de idade
sal, essência
120g de farinha para bolo

CREME DE QUEIJO:
750g mascarpone
600g de iogurte
200g de idade
Essência de baunilha
3 1/2 saquetas de grânulos de gelatina
600g de chantilly

BLUEBERRIES E FRAMBOESAS:
800g de fruta (descongelada e escorrida)
200g de idade
250ml de água
9 folhas de gelatina

XAROPE:
400ml de água
150g de açucar
Essência de baunilha

CREME DE MANTEIGA:
400g de manteiga macia
100g de pó velho
Essência de baunilha

FUNDADOR BRANCO:
1 saqueta de grânulos de gelatina
60ml de água
100g de mel (não adoçado)
extrato de amêndoa
Aproximadamente. 900g de pó de margarita velha (sitat)

PINK FOUNDER:
Grânulos de gelatina 5g
30ml de água
50g de mel
extrato de amêndoa
Aproximadamente. 450g de pó velho
+ muito amido alimentar (para manuseio e alongamento)

PREPARAÇÃO:
Para tops, os ovos inteiros (à temperatura ambiente) são batidos com açúcar e sal durante 10 minutos, até obter uma espuma fofa.
Preparamos as composições individualmente para cada bolo, principalmente pela falta de um recipiente contendo todos os 12 ovos batidos.

À parte, peneire a farinha, misture o fermento em pó, depois incorpore na composição anterior, mexendo com o alvo, em movimentos circulares, de cima para baixo.
No final adicione água quente e azeite, colher a colher.
As composições são despejadas nas fôrmas de bolo (28 e 18 cm), previamente preparadas (como AQUI), a seguir as fôrmas são batidas levemente na bancada para quebrar as grandes bolhas de ar de seu interior. Asse por 20-25 minutos, no forno pré-aquecido, em fogo médio.

Os topos são deixados para esfriar fora da forma e, em seguida, cortados em 3.

Para geléia, as frutas são fervidas em uma panela com tampa, junto com o açúcar e a água. Deixe ferver tudo por 2-3 minutos. A composição é peneirada para remover as sementes. Leve de volta ao fogo e, enquanto a composição estiver quente, acrescente as folhas de gelatina, previamente embebidas em água fria, por 5 minutos. Misture a essência de baunilha e deixe esfriar em banho-maria.

Enquanto a geléia está esfriando, prepare-a creme de laticínios, mistura de queijo, iogurte, açúcar e essência.
Espalhe a gelatina sobre 280ml de água fria e reserve por 5 minutos para hidratar. Transfira para o fogo baixo, no olho menor do fogão e, mexendo sempre, mantenha até que a gelatina se dissolva, tomando cuidado para não chegar ao ponto de ebulição.
Gelatina dissolvida é adicionada, em um fio fino, à composição do queijo.
Bata as natas batidas (10 minutos no congelador) e acrescente às natas.

xarope é obtido mantendo a água com o açúcar fervida por alguns minutos. A essência é adicionada depois que o líquido é removido do fogo.

montagem Os bolos são feitos colocando-se a primeira fatia de cima de cada balcão, com a face para baixo, em um prato o mais plano possível. É xarope, então o anel da forma em que as bancadas foram assadas é capturado.
A seqüência utilizada será: bancada - geleia - creme - bancada - creme - geleia - bancada.
Para que a primeira camada de geleia não se infiltre na cobertura xaroposa, é untada com uma camada muito fina de creme, só então a geleia é adicionada.

É preferível que a geleia não se espalhe por toda a superfície da bancada, porque aquela porção de geleia na borda do bolo será difícil de cobrir com creme de manteiga. Para fazer isso, você pode usar um anel fino de creme na borda da bancada.
Coloque a cobertura de gelatina na geladeira por alguns minutos, para que a gelatina coagule de modo que possa sustentar o creme e não se misturar.
Continue com um pouco de creme, topo xaroposo, creme de leite, geleia. O bolo é colocado de volta no congelador por alguns minutos, depois a última cobertura xaroposa.

Os bolos resultantes são cobertos com papel alumínio e colocados na geladeira por 4-6 horas.

Antes de cobrir os bolos com fondant, eles devem ser totalmente cobertos com as natas obtidas esfregando a manteiga com açúcar. Isso é necessário para que o fundente adira uniformemente ao bolo.

Para o fondant, deixe a gelatina de molho em água fria e dissolva em banho-maria. Adicione o mel e a essência e, em seguida, transfira a composição para uma tigela grande.
Para o fondant colorido, neste momento acrescente o corante, seguido do açúcar de confeiteiro, acrescente colher por colher, até obter um fondant elástico e bem pouco pegajoso.

É transferido para a mesa muito bem coberto com amido alimentar e espalha-se numa folha, com cerca de 0,3-0,5 cm de espessura. A folha é transferida sobre o bolo, com a ajuda do twister, depois, com a ajuda de um planador, é fixada no bolo.

Coloque o bolo grande na geladeira até que o bolo pequeno esteja coberto.
O bolo pequeno é colocado por cima do bolo grande e é fixado passando por 3 espetos de madeira, para fazer espetos.
Tive medo de que, no final das contas, o bolo grande não pudesse suportar o pequeno + a estatueta, mas não houve problemas. A ponta bem xaroposa do bolo pequeno, em contato com o fundente do bolo grande, contribuiu para a "colagem" dos 2 bolos.

Para alcançar estatueta este tutorial foi muito útil. Peguei o fundente cinza para o corpo de Minnie com o fundente branco mais corante em gel preto. Apesar de ter usado muito corante preto, o fundente não atingiu a cor desejada :(.

Fixei a estatueta no pequeno bolo com a ajuda de um espeto de espeto, passei pela cabeça, corpo e pequeno bolo.

Fiz as bolinhas, as cabeças de rato e os donuts com o resto do fondant e fixei-os no bolo com a ajuda de água, aplicada em camada fina (com pincel) em cada um, antes de colar.
Em contato com o ar, o fundente endurece e, para retardar esse processo, é guardado em sacos ziplock ou bem embrulhado em papel alumínio. Até a aplicação, as decorações são cobertas com papel alumínio.
Se ainda estiver mole, o fundente restante é embrulhado firmemente em filme plástico e armazenado na geladeira.

O bolo final é guardado na geladeira até servir ou transportar.


Bolos de Doinitza

Separe os ovos, bata as claras com o açúcar até firmarem, acrescente as gemas (nas quais dissolvi 5 min. Para cima e para baixo para não sair da composição, divida em dois e leve ao forno, em uma assadeira (20 / 30) untado com um pouco de óleo e no qual coloco papel manteiga, depois de retirar do forno enrolar, junto com o papel manteiga, tomando cuidado para não quebrar e deixar esfriar, cada rolo separadamente.

Moa o pêssego bem e acrescente 2 quilos de açúcar, leve ao fogo bem pouco. derreta o açúcar (não ferva), depois acrescente a gelatina, misture bem e despeje sobre o chantilly pré-misturado e mexa mais algumas vezes para misturar.

O creme é levado ao fogo para esquentar (não para ferver) e nele colocamos o chocolate partido nos pedacinhos para derreter, se ficar mole demais colocamos na geladeira um pouco, se for muito duro colocamos o creme, então nós colocamos sobre o pão doce


& # 8211 Cheesecake sem assar

Verdade seja dita, por mais que eu adore cozinhar, quando está tão quente como hoje em dia, ligar o forno é a última coisa na minha mente. A sobremesa, no entanto, é uma das minhas prioridades, por isso não procuro alternativas de cozimento. Foi assim que acabei fazendo este cheesecake de pêssego não assado - isso e o fato de que eu tinha um pouco de queijo cremoso que queria usar. Ah, e os pêssegos, os adoráveis ​​pêssegos em que estou viciada ultimamente tinham que estar lá! Porque eles têm um gosto incrível, são suculentos e tão ricos e transformam totalmente este cheesecake não assado em uma sobremesa que você só quer continuar comendo. Quer dizer, eu tinha 3 fatias disso assim que terminei de filmar. 3 fatias .. que bom que era!

  • 150g de queijo mascarpone
  • 200g de leite condensado
  • 600g de queijo cremoso
  • 1 pitada de sal
  • 2 colheres de chá de extrato de baunilha
  • 1 colher de chá de raspas de limão
  • 200ml de creme de leite batido
  • 10g de gelatina + 50ml de água
  • 500g de pêssegos frescos, descascados e fatiados
  • 80g de açucar
  • 2 folhas de hortelã fresca
  • 7g de gelatina + 35ml de água
  • & frac12 em pau de canela
  1. Coloque os biscoitos em um processador de alimentos e pulse até ficarem moídos.
  2. Adicione a manteiga derretida e misture bem, em seguida, transfira a mistura para um anel de bolo de 20cm de diâmetro forrado com folhas de acetato.
  3. Pressione bem a mistura de crosta e coloque na geladeira.
  1. Bloom a gelatina em água fria
  2. Misture o queijo mascarpone, o leite condensado, o cream cheese, a baunilha, as raspas de limão e uma pitada de sal até ficar homogêneo.
  3. Acrescente a gelatina derretida e depois as natas batidas.
  4. Despeje o recheio de cream cheese sobre a crosta e leve à geladeira por algumas horas.
  1. Misture as rodelas de pêssego, o açúcar, as folhas de hortelã e a canela em uma panela e reserve por 30 minutos.
  2. Bloom a gelatina em água fria por 10 minutos.
  3. Coloque a mistura de pêssego em fogo médio e cozinhe por 10-15 minutos até ficar macia. Evite misturar enquanto cozinha, pois isso destruirá as fatias de pêssego.
  4. Adicione a gelatina e deixe esfriar. Retire as folhas de hortelã e o pau de canela.
  5. Despeje a cobertura resfriada sobre o cheesecake e coloque de volta na geladeira por algumas horas.


Grande calor, minha querida! Mas o apetite pela sobremesa é tão grande. O que você faz quando realmente quer algo doce, mas não consegue ligar o forno ?! Você faz uma sobremesa sem assar, obviamente. Talvez até este cheesecake com geleia de pêssego. Admito que o cheesecake não foi a minha primeira escolha, mas tive um resquício de cream cheese de outra receita e alguns pêssegos bem maduros que precisavam ser comidos. E como eu nunca tinha feito um cheesecake sem assar, comecei a trabalhar. Saiu algo muito bom (comi 3 fatias depois de terminar de posar, acho que já diz tudo) & # 8211 uma sobremesa cremosa e aerada, perfeitamente acompanhada da delicada geléia de pêssego na qual coloquei um pouco de hortelã. Se você ainda não experimentou a combinação de pêssego e hortelã, deve ser uma loucura.

Ingrediente:

  • Biscoitos integrais 150g (também coloco uns biscoitos, não tendo a quantidade necessária de biscoitos)
  • 70g de manteiga derretida
  • 150g mascarpone
  • 200g de leite condensado
  • 600g de queijo cremoso
  • 1 pitada de sal
  • 2 colheres de chá de extrato de baunilha
  • 1 colher de chá de casca de limão
  • 200ml de chantilly líquido, batido
  • 10g de gelatina + 50ml de água fria
  • 500g de pêssegos bem amadurecidos, limpos e fatiados
  • 80g de açúcar (ou mais, se quiser)
  • algumas folhas de hortelã fresca
  • 1/2 vara de canela
  • 7g de gelatina + 35ml de água fria

Método de preparação:

  1. Coloque os biscoitos no processador de alimentos e bata até obter um pó.
  2. Adicione a manteiga derretida e misture bem, em seguida, transfira a mistura para uma forma de bolo forrada com papel alumínio. Esprema bem a mistura de biscoitos e deixe esfriar.
  1. Hidrate a gelatina em água fria por 10 minutos.
  2. Misture o mascarpone, o cream cheese, o leite condensado, o sal, a baunilha e a casca de limão em uma tigela. (os ingredientes devem estar em temperatura ambiente)
  3. Adicione a gelatina derretida e incorpore as natas batidas.
  4. Despeje a mistura sobre a crosta e deixe esfriar por algumas horas.
  1. Misture os pêssegos, o açúcar, a hortelã e a canela em uma tigela. Reserve por 30 minutos e depois leve ao fogo médio.
  2. Ferva por 10-15 minutos até que os pêssegos amoleçam, mas não vire purê. Não misture com muita frequência na composição para não destruir as rodelas de pêssego.
  3. Retire do fogo, acrescente a gelatina e retire as folhas de hortelã e o pau de canela.
  4. Deixe atingir a temperatura ambiente e regue com o cheesecake.
  5. Deixe esfriar por algumas horas.
  6. Desfrute de sua refeição!


Doce e doce



Ingredientes: 180 gr. Farinha, 80 gr. Manteiga, 80 gr. Açúcar, 50 gr. Coco moído, 2 ovos, 1 colher de chá de fermento em pó, 1 saqueta de açúcar baunilha. Açúcar em pó para decoração.

23 comentários:

Como são fofos os biscoitos :)
Acho que mistura todos os ingredientes de uma vez.
A massa é mantida fria?
Por quanto tempo ficam no forno e a que temperatura?

seus cookies são muito bonitos. só bom para o dia dos namorados

VOCÊ TEM UM PRÊMIO COMIGO NO BLOG!

Wawww ainda mais lindo
Espero que você receba os prêmios em um bom dia! Cami

Bom blog.
Eu retornarei.
Olá.

Cookies deliciosos ... belas fotos ..

Feliz Dia dos namorados! XOXOXO

Esses biscoitos parecem deliciosos! Tenha um ótimo dia! Vanessa

slt, obrigado por seu com c & # 39 é bom, seu blog e ótimo, feliz em conhecê-lo bizz até logo

hum que lindo bolo mrc bizz

Olá,
Prazer em conhecê-lo,
Os bolos de diamantes do seu coração são maravilhosos. Você tem um bom blog.

Espero te ver em breve, tenha um bom dia.

uma boa ideia para o próximo ano, Dia dos Namorados: D

ideia muito boa para o próximo ano e não só: d

Eu também comeria coco no pão :))) seus corações ficaram lindos, vou tentar também: *


Bolos de Doinitza

Decoração:100gr de chocolate ao leite, 3lg de leite, 30gr de manteiga, chocolate branco ralado

No balcão, misture as claras com o açúcar e um pouco de sal, até ficarem pegajosas, em seguida, acrescente as gemas, misture, em seguida coloque a casca de limão ralada, farinha na chuva, misture de cima para baixo aos poucos e despeje em uma bandeja (22 / 36cm), na qual coloco papel manteiga e coloco no forno pré-aquecido. Depois de assar, deixe esfriar, corte ao meio, cuidado! não tão grosso quanto um bolo, mas como se você cortasse um pão em dois. Da folha de wafer, corte de acordo com o tamanho da bancada.

Para o caramelo, coloque o açúcar no fogo, até escurecer, para não escurecer muito, porque é amargo, retire do fogo e acrescente o chantilly, cuidando para que espumasse, depois coloque de volta no fogo e mexa para dissolver, coloque a margarina, deixe engrossar um pouco e acrescente as amêndoas, retire do fogo, deixe esfriar e despeje sobre a folha de wafer, em seguida cubra com a segunda folha de wafer, pressionando levemente.

Para o ganache, coloque o chantilly no fogo, quando estiver quente, acrescente os pedaços de chocolate quebrados e deixe derreter, cuidado! não precisa ferver, deixamos esfriar e depois mexemos até engrossar como um creme.

Na cobertura, derreta os pedaços de chocolate quebrados no vapor, depois acrescente o leite e a manteiga e misture bem.

Espalhe metade do creme de ganache em uma das pontas, coloque as folhas de wafer recheadas, unte com a outra parte do creme restante e coloque a segunda cobertura por cima. Leve à geladeira por uma hora, corte em quadrados e cubra com cobertura de chocolate, raspe o chocolate branco com o limpador de vegetais por cima.

Embora pareça difícil de fazer, não é bem assim, vale a pena tentar, porque é muito bom, peguei da Sara, a quem agradeço. Amêndoas inteiras e desfiadas no carro, por serem mais perfumadas, as de envelope amassado perderam o sabor.


Bolo com mousse de chocolate e mousse de pêssego

A receita desse bolo é posta por Cali em culinar.ro e você também encontra no blog do Danezei. A receita também diz suco de maracujá - maracujá - mas como não encontrei, troquei por suco de pêssego.
É um bolo muito fino e saboroso, recomendo com prazer, fiz para o aniversário da minha mãe e ela ficou muito feliz.

150 g de chocolate amargo (coloquei chocolate ao leite)
40 g de manteiga
2 gemas
4 claras de ovo
100 g de açucar
6o g faina
uma pitada de sal (ponta de faca).

Esfregue bem as gemas com metade do açúcar, acrescente sal.
Bata as claras em neve com o restante do açúcar e incorpore facilmente às gemas.
Derreta a manteiga, derreta o chocolate e acrescente na composição do ovo, em seguida acrescente a farinha, mexendo levemente com uma colher.
Coloque a composição em uma bandeja o maior possível, sobre papel manteiga, e espalhe em uma camada fina.
Minha maior bandeja é 40/29, é uma bandeja de biscoitos na qual coloquei uma moldura de bolo. Coloquei no forno .. deixei em fogo baixo por uns 25 minutos. Depois que esfriar, vire e polvilhe com um pouco de água o papel para descascar facilmente e depois cortei pela metade. Metade coloquei em um prato e eu coloco a moldura ao redor, se você não tiver uma moldura de bolo, você pode fazer uma moldura de folha de prata dobrada em três para torná-la mais forte.

Creme
-mousse de chocolate:
150g de chocolate ao leite
3 gemas
uma albumina
150 g de açucar
200 ml fresco
10 g de gelatina
baunilha (não coloquei).
A gelatina é hidratada (derretida) em 4-5 lg de água morna.
A receita diz que as gemas espumam bem com metade do açúcar. eu
Coloquei metade do açúcar e 6 lg de leite no banho de vapor e misturei até ficar como creme azedo, depois deixei esfriar.
Bata bem as claras em neve com a outra metade do açúcar, bata bem o chantilly, misture bem, acrescente as gemas, o chocolate derretido e a última vez a gelatina.
A composição é colocada sobre o primeiro tampo, sobre a mousse coloca-se o segundo tampo e deixa-se esfriar até o preparo da mousse de pêssego.


Mousse de pêssego:
uma compota de pêssego de 850g
2 ovos
200 ml fresco
150 ml de xarope de maracujá (coloquei xarope de pêssego da compota)
20 g de gelatina.
Retire os pêssegos e escorra o suco, em seguida, coloque a calda de 150 ml sobre eles e faça um purê bem fino.

Também dissolvi a gelatina em xarope de pêssego.
Misturei as gemas com 2 lg de açúcar e 4 lg de leite no banho de vapor até ficarem como creme de leite, deixei esfriar.
Bata as claras em neve e misture com as gemas geladas, acrescente o purê, a gelatina (derretida), e no final misture com as natas batidas, misture bem a composição com uma colher. pás, pás de baixo para cima e coloque sobre a folha da bancada, deixe esfriar.
Achei que não combinava com a pasta, então coloquei uma cobertura de chocolate por cima.
O esmalte deve estar o mais frio possível quando colocado sobre a mousse.
Leve a moldura de lado e decore a borda .. só quem quiser, derreti o chocolate e quando endureceu. mas não, cortei o chocolate com um formato de biscoito, no meio de cada fiz uma corrente também de chocolate mas preto, depois coloquei em volta do bolo.