Novas receitas

Venha e receba com a apresentação de slides da rede de conteúdo de culinária

Venha e receba com a apresentação de slides da rede de conteúdo de culinária

Foodie diabético - Almoços embaláveis ​​para crianças e adultos

Diabetic Foodie foi iniciado em janeiro de 2010, por Shelby Kinnaird, "uma diabética tipo 2 que adora comer". Com um conjunto de regras ditando sua filosofia alimentar, as receitas do Diabetic Foodie sempre conterão informações nutricionais e sempre serão de uma comunidade de pôsteres. Neste post, Diabetic Foodie compartilha dicas de almoço - o que levar para crianças e adultos.

Hungry Happenings - Sirva comida com tema de basquete enquanto assiste às finais da NCAA

Hungry Happenings é um blog de comida festiva para ocasiões especiais. Nesta postagem, a blogueira Beth entra no March Madness, criando guloseimas temáticas de basquete para manter em mente em suas futuras ocasiões esportivas.

Cereja no meu Sundae - Três Queijo, Presunto, Salame e Espinafre Stromboli

Cereja no meu sundae obtém receitas na Internet e, em seguida, ajusta, melhora, ajusta e adiciona seu toque pessoal, certificando-se de esclarecer etapas e simplificar processos complicados para os leitores, e avisa que seu blog existe para fazer a mesma coisa - para você começar para que você possa pegá-los e torná-los seus! Neste post, Cherry on My Sundae dá uma receita saborosa para um prosciutto stromboli.

Conectores culinários - Onde beber esta semana: Denver - Lincoln’s Roadhouse

Conectores Culinários foi lançado em novembro de 2008, com a missão de educar e compartilhar o talento culinário do Colorado, por meio de destacar seus restaurantes, lojas, chefs, fazendeiros e produtores. Aqui, Culinary Connectors nos traz um holofote sobre onde beber esta semana em Denver - Lincoln’s Roadhouse.

The Family Feed - Bolo Waffle de Chocolate Amargo Buttermilk

The Family Feed é tudo sobre o que você coloca em seu corpo - "você coloca coisas boas e coisas boas acontecem." O Family Feed tem como objetivo compartilhar seus talentos culinários e assados, junto com textos, fotos, receitas e muito mais, para seus filhos e outras pessoas. Neste post, The Family Feed compartilha um bolo de waffle inacreditável de quatro camadas e mostra como você pode recriá-lo.

Http://thefamilyfeed.com/2013/04/10/dark-chocolate-buttermilk-waffle-cake/

Jantares, Pratos e Sobremesas é o blog de uma mãe familiar do Colorado com o desejo de compartilhar suas receitas e experimentar coisas novas. Aqui, esta mãe do Colorado prepara um prato favorito da Costa Oeste, a ração para filhotes, e mostra como fazer barras com sua deliciosa doçura.

The Food Charlatan - Giroscópios de almôndega de cordeiro

The Food Charlatan é um blog de Karen, uma mãe que adora sobremesa e é obcecada por comida que teme o dia em que seu metabolismo desacelere, as calorias a alcancem e você a veja "rolando pela rua em shorts de corrida". Aqui, ela nos impressiona com uma receita e fotos de giroscópios de almôndega de cordeiro.

Bite and Booze - Whisky Bourbon de Chocolate Duplo da Prichard's: Whisk (e) y Quarta Apresentado pelo Supermercado Calandro's

Mordida e bebida está em uma missão para celebrar a cultura de alimentos e bebidas da Louisiana, e em todos os lugares o autor Jay D. Ducote come e bebe. Aqui, Bite and Booze fala sobre o uísque bourbon duplo de chocolate da Prichard.

Bella Vivere - Resenha: Chai Pani (Decatur, Geórgia)

Bella Vivere tem tudo a ver com notícias sobre restaurantes. Nesta postagem, Bella Vivere analisa Chai Pani, que se traduz como "chá e água", gíria na Índia para sair para tomar uma xícara de chá e fazer um lanche.


How To & hellipRoast Garlic

Neste post, vou cobrir a etapa de assar o alho. É uma habilidade muito simples e tenho certeza de que muitos de vocês já entenderam, mas para aqueles que não assam alho regularmente, CONFIE EM MIM: você está vagando por um vazio gastronômico. E a única coisa no universo que irá preencher o vazio e transformá-lo na pessoa completa e completa que sua avó pretendia que você fosse é alho assado. O sabor é incrível, não há nada parecido na terra.

A primeira coisa que você precisa fazer é pegar um monte de cabeças de alho. Tente não comprá-los muito pequenos. Em seguida, corte apenas o suficiente da parte superior para expor todos os cravos de dentro.

Em seguida, encontre uma de suas mais antigas e queridas formas de torta. Eu gosto mais deste, especialmente porque ainda tem os restos de uma velha torta queimada nas bordas. É um lembrete para mim de minha imperfeição crônica e eterna. De qualquer forma, quando você ficar chafurdando em dúvidas sobre o fato de que uma de suas panelas limpas na verdade não está limpa, regue um pouco de azeite (1 ou 2 colheres de sopa) na panela.

Em seguida, apenas incline a panela para cobrir completamente o fundo.

Em seguida, coloque as cabeças de alho, com o lado cortado para cima, na panela. Se as cabeças não derem certo na assadeira, dê uma pequena fatia no fundo para igualar. Meu traseiro estava realmente plano para começar, então eu não tive que fazer nada. (Observação: eu não disse MEU FUNDO é plano. Não é. De jeito nenhum. Eu gostaria que fosse, mas não é. E eu não quero mais falar sobre isso, então pare de tocar no assunto.)

Eles se parecem um pouco com alguma forma bizarra de criatura marinha neste ponto, não é? Exceto que eles não estão submersos na água. Então, deixa pra lá.

Regue o cravo exposto com azeite. Você quer que eles tenham uma camada de umidade para que não queimem facilmente.

Em seguida, polvilhe o cravo com sal. Eu gosto de sal Kosher e sempre mantenho uma travessa com ele no fogão.

Aqui está meu prato de sal Kosher. E está no meu fogão. Eu te disse!

A razão pela qual o sal Kosher é chamado de sal Kosher, e eu conto com meus amigos judeus entre vocês para me corrigir se eu estiver errado, é não porque o sal, em si, é kosher. É que é usado por açougueiros para fazer carnes Kosher (sua qualidade plana e escamosa adere mais facilmente à superfície da carne e ajuda a tirar o sangue.) Eu adoro usá-lo na culinária porque é fácil de agarrar e polvilhar sobre a comidae é mais fácil controlar a concentração de sal do que o sal de mesa comum.

De qualquer forma, depois de salgar os cravos, você também vai querer salgá-los.

E olhe! Eu finalmente comprei um moinho de pimenta novo depois que meus meninos roubaram e destruíram o meu antigo ano passado. Selvagens.

Agora eles estão prontos para estourar em um forno a 375 graus.

Mas, primeiro, cubra a panela com papel alumínio.

Em seguida, leve ao forno por 40 a 45 minutos.

E quando você o remove, o alho fica assim. (Confissão: isso é na verdade vinte minutos depois de retirá-lo do forno. Eu fui inevitavelmente desviado. Acontece nesta minha casa esquecida por Deus.)

Mas isso está tudo no passado agora. Vê aquele alho delicioso, torrado e com nozes dentro da casca de papel? Oh? Você não consegue ver? Well & helliplet & rsquos dê uma olhada mais de perto.

Oh, meu Deus, louise, grande Irmã da Agonia Perpétua, olhe só para isso!

Agora, para extrair o cravo-da-índia torrado, basta agarrar a parte inferior da cabeça e apertar suavemente até que o cravo salte. Eles devem ser bastante piegas.

Oh minha palavra. Apenas venha e me pegue, seu alho hunka hunka queimando & rsquo (assado). este, meus amigos, é a verdadeira essência da vida.

As aplicações para usar alho torrado são infinitas. Você pode espalhar um pouco dessa delícia amanteigada e de nozes em um pedaço de baguete crocante. Ou você pode misturá-lo em seu prato de massa ou sopas favoritas. Ou você pode amassá-lo com um pouco de sal e azeite e espalhar sobre a crosta de uma pizza antes de adicionar os outros ingredientes.


How To & hellipRoast Garlic

Neste post, vou cobrir a etapa de assar o alho. É uma habilidade muito simples e tenho certeza de que muitos de vocês já entenderam, mas para aqueles que não assam alho regularmente, CONFIE EM MIM: você está vagando em um vazio gastronômico. E a única coisa no universo que irá preencher o vazio e transformá-lo na pessoa completa e completa que sua avó pretendia que você fosse é alho assado. O sabor é incrível, não há nada parecido na terra.

A primeira coisa que você precisa fazer é pegar um monte de cabeças de alho. Tente não comprá-los muito pequenos. Em seguida, corte apenas o suficiente da parte superior para expor todos os cravos de dentro.

Em seguida, encontre uma de suas mais antigas e queridas formas de torta. Eu gosto mais deste, especialmente porque ainda tem os restos de uma velha torta queimada nas bordas. É um lembrete para mim de minha imperfeição crônica e eterna. De qualquer forma, quando você ficar chafurdando em dúvidas sobre o fato de que uma de suas panelas limpas na verdade não está limpa, regue um pouco de azeite (1 ou 2 colheres de sopa) na panela.

Em seguida, apenas incline a panela para cobrir completamente o fundo.

Em seguida, coloque as cabeças de alho, com o lado cortado para cima, na panela. Se as cabeças não derem certo na assadeira, dê uma pequena fatia no fundo para igualar. Meu traseiro estava realmente plano para começar, então eu não tive que fazer nada. (Observação: eu não disse MEU FUNDO é plano. Não é. De jeito nenhum. Eu gostaria que fosse, mas não é. E eu não quero mais falar sobre isso, então pare de tocar no assunto.)

Eles se parecem um pouco com alguma forma bizarra de criatura marinha neste ponto, não é? Exceto que eles não estão submersos na água. Então, deixa pra lá.

Regue o cravo exposto com azeite. Você quer que eles tenham uma camada de umidade para que não queimem facilmente.

Em seguida, polvilhe o cravo com sal. Gosto de sal Kosher e sempre mantenho um pequeno prato dele no fogão.

Aqui está meu prato de sal Kosher. E está no meu fogão. Eu te disse!

A razão pela qual o sal Kosher é chamado de sal Kosher, e eu conto com meus amigos judeus entre vocês para me corrigir se eu estiver errado, é não porque o sal, em si, é kosher. É que é usado por açougueiros para fazer carnes Kosher (sua qualidade plana e escamosa adere mais facilmente à superfície da carne e ajuda a tirar o sangue.) Eu adoro usá-lo na culinária porque é fácil de agarrar e polvilhar sobre a comidae é mais fácil controlar a concentração de sal do que o sal de mesa comum.

De qualquer forma, depois de salgar os cravos, você vai querer salpicá-los também.

E olhe! Eu finalmente comprei um moinho de pimenta novo depois que meus meninos roubaram e destruíram o meu antigo ano passado. Selvagens.

Agora eles estão prontos para estourar em um forno a 375 graus.

Mas, primeiro, cubra a panela com papel alumínio.

Em seguida, leve ao forno por 40 a 45 minutos.

E quando você o remove, o alho fica assim. (Confissão: isso é na verdade vinte minutos depois de retirá-lo do forno. Eu fui inevitavelmente desviado. Acontece nesta minha casa esquecida por Deus.)

Mas isso está tudo no passado agora. Vê aquele alho delicioso, torrado e com nozes dentro da casca de papel? Oh? Você não consegue ver? Well & helliplet & rsquos dê uma olhada mais de perto.

Oh, meu Deus, louise, grande Irmã da Agonia Perpétua, olhe só para isso!

Agora, para extrair o cravo-da-índia torrado, basta agarrar a parte inferior da cabeça e apertar suavemente até que o cravo saia. Eles devem ser bastante piegas.

Oh minha palavra. Apenas venha e me pegue, seu alho hunka hunka queimando & rsquo (assado). este, meus amigos, é a verdadeira essência da vida.

As aplicações para usar alho torrado são infinitas. Você pode espalhar um pouco dessa delícia amanteigada e de nozes em um pedaço de baguete crocante. Ou você pode misturá-lo em seu prato de massa ou sopas favoritas. Ou você pode amassá-lo com um pouco de sal e azeite e espalhar sobre a crosta de uma pizza antes de adicionar os outros ingredientes.


How To & hellipRoast Garlic

Neste post, vou cobrir a etapa de assar o alho. É uma habilidade muito simples e tenho certeza de que muitos de vocês já entenderam, mas para aqueles que não assam alho regularmente, CONFIE EM MIM: você está vagando por um vazio gastronômico. E a única coisa no universo que irá preencher o vazio e transformá-lo na pessoa completa e completa que sua avó pretendia que você fosse é alho assado. O sabor é incrível, não há nada parecido na terra.

A primeira coisa que você precisa fazer é pegar um monte de cabeças de alho. Tente não comprá-los muito pequenos. Em seguida, corte apenas o suficiente da parte superior para expor todos os cravos de dentro.

Em seguida, encontre uma de suas mais antigas e queridas formas de torta. Eu gosto mais deste, especialmente porque ainda tem os restos de uma velha torta queimada nas bordas. É um lembrete para mim de minha imperfeição crônica e eterna. De qualquer forma, quando você ficar chafurdando em dúvidas sobre o fato de que uma de suas panelas limpas na verdade não está limpa, regue um pouco de azeite (1 ou 2 colheres de sopa) na panela.

Em seguida, apenas incline a panela para cobrir completamente o fundo.

Em seguida, coloque as cabeças de alho, com o lado cortado para cima, na panela. Se as cabeças não derem certo na assadeira, dê uma pequena fatia no fundo para igualar. Meu traseiro estava realmente plano para começar, então eu não tive que fazer nada. (Observação: eu não disse MY BOTTOM is flat. Não é. Nem um pouco. Eu gostaria que fosse, mas não é. E eu não quero mais falar sobre isso, então pare de tocar no assunto.)

Eles se parecem um pouco com alguma forma bizarra de criatura marinha neste ponto, não é? Exceto que eles não estão submersos na água. Então, deixa pra lá.

Regue o cravo exposto com azeite. Você quer que eles tenham uma camada de umidade para que não queimem facilmente.

Em seguida, polvilhe o cravo com sal. Gosto de sal Kosher e sempre mantenho um pequeno prato dele no fogão.

Aqui está meu prato de sal Kosher. E está no meu fogão. Eu te disse!

A razão pela qual o sal Kosher é chamado de sal Kosher, e eu conto com meus amigos judeus entre vocês para me corrigir se eu estiver errado, é não porque o sal, em si, é kosher. É que é usado por açougueiros para fazer carnes Kosher (sua qualidade plana e escamosa adere mais facilmente à superfície da carne e ajuda a tirar o sangue.) Eu adoro usá-lo na culinária porque é fácil de agarrar e polvilhar sobre a comidae é mais fácil controlar a concentração de sal do que o sal de mesa comum.

De qualquer forma, depois de salgar os cravos, você vai querer salpicá-los também.

E olhe! Eu finalmente comprei um moinho de pimenta novo depois que meus meninos roubaram e destruíram o meu antigo ano passado. Selvagens.

Agora eles estão prontos para estourar em um forno a 375 graus.

Mas, primeiro, cubra a panela com papel alumínio.

Em seguida, leve ao forno por 40 a 45 minutos.

E quando você o remove, o alho fica assim. (Confissão: isso é na verdade vinte minutos depois de retirá-lo do forno. Eu fui inevitavelmente desviado. Acontece nesta minha casa esquecida por Deus.)

Mas isso está tudo no passado agora. Vê aquele alho delicioso, torrado e com nozes dentro da casca de papel? Oh? Você não consegue ver? Well & helliplet & rsquos dê uma olhada mais de perto.

Oh, meu Deus, Louise, grande Irmã da Agonia Perpétua, olhe só para isso!

Agora, para extrair o cravo-da-índia torrado, basta agarrar a parte inferior da cabeça e apertar suavemente até que o cravo salte. Eles devem ser bastante piegas.

Oh minha palavra. Apenas venha e me pegue, seu alho hunka hunka queimando & rsquo (assado). este, meus amigos, é a verdadeira essência da vida.

As aplicações para usar alho torrado são infinitas. Você pode espalhar um pouco dessa delícia amanteigada e de nozes em um pedaço de baguete crocante. Ou você pode misturá-lo em seu prato de massa ou sopas favoritas. Ou você pode amassá-lo com um pouco de sal e azeite e espalhar sobre a crosta de uma pizza antes de adicionar os outros ingredientes.


How To & hellipRoast Garlic

Neste post, vou cobrir a etapa de assar o alho. É uma habilidade muito simples e tenho certeza de que muitos de vocês já entenderam, mas para aqueles que não assam alho regularmente, CONFIE EM MIM: você está vagando por um vazio gastronômico. E a única coisa no universo que irá preencher o vazio e transformá-lo na pessoa completa e completa que sua avó pretendia que você fosse é alho assado. O sabor é incrível, não há nada parecido na terra.

A primeira coisa que você precisa fazer é pegar um monte de cabeças de alho. Tente não comprá-los muito pequenos. Em seguida, corte apenas o suficiente da parte superior para expor todos os cravos de dentro.

Em seguida, encontre uma de suas mais antigas e queridas formas de torta. Eu gosto mais deste, especialmente porque ainda tem os restos de uma velha torta queimada nas bordas. É um lembrete para mim de minha imperfeição crônica e eterna. De qualquer forma, quando você ficar chafurdando em dúvidas sobre o fato de que uma de suas panelas limpas na verdade não está limpa, regue um pouco de azeite (1 ou 2 colheres de sopa) na panela.

Em seguida, apenas incline a panela para cobrir completamente o fundo.

Em seguida, coloque as cabeças de alho, com o lado cortado para cima, na panela. Se as cabeças não derem certo na assadeira, dê uma pequena fatia no fundo para igualar. Meu traseiro estava realmente plano para começar, então eu não tive que fazer nada. (Observação: eu não disse MY BOTTOM is flat. Não é. Nem um pouco. Eu gostaria que fosse, mas não é. E eu não quero mais falar sobre isso, então pare de tocar no assunto.)

Eles se parecem um pouco com alguma forma bizarra de criatura marinha neste ponto, não é? Exceto que eles não estão submersos na água. Então, deixa pra lá.

Regue o cravo exposto com azeite. Você quer que eles tenham uma camada de umidade para que não queimem facilmente.

Em seguida, polvilhe o cravo com sal. Gosto de sal Kosher e sempre mantenho um pequeno prato dele no fogão.

Aqui está meu prato de sal Kosher. E está no meu fogão. Eu te disse!

A razão pela qual o sal Kosher é chamado de sal Kosher, e eu conto com meus amigos judeus entre vocês para me corrigir se eu estiver errado, é não porque o sal, em si, é kosher. É que é usado por açougueiros para fazer carnes Kosher (sua qualidade plana e escamosa adere mais facilmente à superfície da carne e ajuda a tirar o sangue.) Eu adoro usá-lo na culinária porque é fácil de agarrar e polvilhar sobre a comidae é mais fácil controlar a concentração de sal do que o sal de mesa comum.

De qualquer forma, depois de salgar os cravos, você vai querer salpicá-los também.

E olhe! Eu finalmente comprei um moinho de pimenta novo depois que meus meninos roubaram e destruíram o meu antigo ano passado. Selvagens.

Agora eles estão prontos para estourar em um forno a 375 graus.

Mas, primeiro, cubra a panela com papel alumínio.

Em seguida, leve ao forno por 40 a 45 minutos.

E quando você o remove, o alho fica assim. (Confissão: isso é na verdade vinte minutos depois de retirá-lo do forno. Eu fui inevitavelmente desviado. Acontece nesta minha casa esquecida por Deus.)

Mas isso está tudo no passado agora. Vê aquele alho delicioso, torrado e com nozes dentro da casca de papel? Oh? Você não consegue ver? Well & helliplet & rsquos dê uma olhada mais de perto.

Oh, meu Deus, Louise, grande Irmã da Agonia Perpétua, olhe só para isso!

Agora, para extrair o cravo-da-índia torrado, basta agarrar a parte inferior da cabeça e apertar suavemente até que o cravo salte. Eles devem ser bastante piegas.

Oh minha palavra. Apenas venha e me pegue, seu alho hunka hunka queimando & rsquo (assado). este, meus amigos, é a verdadeira essência da vida.

As aplicações para usar alho torrado são infinitas. Você pode espalhar um pouco dessa delícia amanteigada e de nozes em um pedaço de baguete crocante. Ou você pode misturá-lo em seu prato de massa ou sopas favoritas. Ou você pode amassá-lo com um pouco de sal e azeite e espalhar sobre a crosta de uma pizza antes de adicionar os outros ingredientes.


How To & hellipRoast Garlic

Neste post, vou cobrir a etapa de assar o alho. É uma habilidade muito simples e tenho certeza de que muitos de vocês já entenderam, mas para aqueles que não assam alho regularmente, CONFIE EM MIM: você está vagando por um vazio gastronômico. E a única coisa no universo que irá preencher o vazio e transformá-lo na pessoa completa e completa que sua avó pretendia que você fosse é alho assado. O sabor é incrível, não há nada parecido na terra.

A primeira coisa que você precisa fazer é pegar um monte de cabeças de alho. Tente não comprá-los muito pequenos. Em seguida, corte apenas o suficiente da parte superior para expor todos os cravos de dentro.

Em seguida, encontre uma de suas mais antigas e queridas formas de torta. Eu gosto mais deste, especialmente porque ainda tem os restos de uma velha torta queimada nas bordas. É um lembrete para mim de minha imperfeição crônica e eterna. De qualquer forma, quando você ficar chafurdando em dúvidas sobre o fato de que uma de suas panelas limpas na verdade não está limpa, regue um pouco de azeite (1 ou 2 colheres de sopa) na panela.

Em seguida, apenas incline a panela para cobrir completamente o fundo.

Em seguida, coloque as cabeças de alho, com o lado cortado para cima, na panela. Se as cabeças não derem certo na assadeira, dê uma pequena fatia no fundo para igualar. Meu traseiro estava realmente plano para começar, então eu não tive que fazer nada. (Observação: eu não disse MY BOTTOM is flat. Não é. Nem um pouco. Eu gostaria que fosse, mas não é. E eu não quero mais falar sobre isso, então pare de tocar no assunto.)

Eles se parecem um pouco com alguma forma bizarra de criatura marinha neste ponto, não é? Exceto que eles não estão submersos na água. Então, deixa pra lá.

Regue o cravo exposto com azeite. Você quer que eles tenham uma camada de umidade para que não queimem facilmente.

Em seguida, polvilhe o cravo com sal. Gosto de sal Kosher e sempre mantenho um pequeno prato dele no fogão.

Aqui está meu prato de sal Kosher. E está no meu fogão. Eu te disse!

A razão pela qual o sal Kosher é chamado de sal Kosher, e eu conto com meus amigos judeus entre vocês para me corrigir se eu estiver errado, é não porque o sal, em si, é kosher. É que é usado por açougueiros para fazer carnes Kosher (sua qualidade plana e escamosa adere mais facilmente à superfície da carne e ajuda a tirar o sangue.) Eu adoro usá-lo na culinária porque é fácil de agarrar e polvilhar sobre a comidae é mais fácil controlar a concentração de sal do que o sal de mesa comum.

De qualquer forma, depois de salgar os cravos, você também vai querer salgá-los.

E olhe! Eu finalmente comprei um moinho de pimenta novo depois que meus meninos roubaram e destruíram o meu antigo ano passado. Selvagens.

Agora eles estão prontos para estourar em um forno a 375 graus.

Mas, primeiro, cubra a panela com papel alumínio.

Em seguida, leve ao forno por 40 a 45 minutos.

E quando você o remove, o alho fica assim. (Confissão: isso é na verdade vinte minutos depois de retirá-lo do forno. Eu fui inevitavelmente desviado. Acontece nesta minha casa esquecida por Deus.)

Mas isso está tudo no passado agora. Vê aquele alho delicioso, torrado e com nozes dentro da casca de papel? Oh? Você não consegue ver? Well & helliplet & rsquos dê uma olhada mais de perto.

Oh, meu Deus, Louise, grande Irmã da Agonia Perpétua, olhe só para isso!

Agora, para extrair o cravo-da-índia torrado, basta agarrar a parte inferior da cabeça e apertar suavemente até que o cravo saia. Eles devem ser bastante piegas.

Oh minha palavra. Apenas venha e me pegue, seu alho hunka hunka queimando & rsquo (assado). este, meus amigos, é a verdadeira essência da vida.

As aplicações para usar alho torrado são infinitas. Você pode espalhar um pouco dessa delícia amanteigada e de nozes em um pedaço de baguete crocante. Ou você pode misturá-lo em seu prato de massa ou sopas favoritas. Ou você pode amassá-lo com um pouco de sal e azeite e espalhar sobre a crosta de uma pizza antes de adicionar os outros ingredientes.


How To & hellipRoast Garlic

Neste post, vou cobrir a etapa de assar o alho. É uma habilidade muito simples e tenho certeza de que muitos de vocês já entenderam, mas para aqueles que não assam alho regularmente, CONFIE EM MIM: você está vagando por um vazio gastronômico. E a única coisa no universo que irá preencher o vazio e transformá-lo na pessoa completa e completa que sua avó pretendia que você fosse é alho assado. O sabor é incrível, não há nada parecido na terra.

A primeira coisa que você precisa fazer é pegar um monte de cabeças de alho. Tente não comprá-los muito pequenos. Em seguida, corte apenas o suficiente da parte superior para expor todos os cravos de dentro.

Em seguida, encontre uma de suas mais antigas e queridas formas de torta. Eu gosto mais deste, especialmente porque ainda tem os restos de uma velha torta queimada nas bordas. É um lembrete para mim de minha imperfeição crônica e eterna. De qualquer forma, quando você ficar chafurdando em dúvidas sobre o fato de que uma de suas panelas limpas na verdade não está limpa, regue um pouco de azeite (1 ou 2 colheres de sopa) na panela.

Em seguida, apenas incline a panela para cobrir completamente o fundo.

Em seguida, coloque as cabeças de alho, com o lado cortado para cima, na panela. Se as cabeças não derem certo na assadeira, dê uma pequena fatia no fundo para igualar. Meu traseiro estava realmente plano para começar, então eu não tive que fazer nada. (Observação: eu não disse MY BOTTOM is flat. Não é. Nem um pouco. Eu gostaria que fosse, mas não é. E eu não quero mais falar sobre isso, então pare de tocar no assunto.)

Eles se parecem um pouco com alguma forma bizarra de criatura marinha neste ponto, não é? Exceto que eles não estão submersos na água. Então, deixa pra lá.

Regue o cravo exposto com azeite. Você quer que eles tenham uma camada de umidade para que não queimem facilmente.

Em seguida, polvilhe o cravo com sal. Gosto de sal Kosher e sempre mantenho um pequeno prato dele no fogão.

Aqui está meu prato de sal Kosher. E está no meu fogão. Eu te disse!

A razão pela qual o sal Kosher é chamado de sal Kosher, e eu conto com meus amigos judeus entre vocês para me corrigir se eu estiver errado, é não porque o sal, em si, é kosher. É que é usado por açougueiros para fazer carnes Kosher (sua qualidade plana e escamosa adere mais facilmente à superfície da carne e ajuda a tirar o sangue.) Eu adoro usá-lo na culinária porque é fácil de agarrar e polvilhar sobre a comidae é mais fácil controlar a concentração de sal do que o sal de mesa comum.

De qualquer forma, depois de salgar os cravos, você vai querer salpicá-los também.

E olhe! Eu finalmente comprei um moinho de pimenta novo depois que meus meninos roubaram e destruíram o meu antigo ano passado. Selvagens.

Agora eles estão prontos para estourar em um forno a 375 graus.

Mas, primeiro, cubra a panela com papel alumínio.

Em seguida, leve ao forno por 40 a 45 minutos.

E quando você o remove, o alho fica assim. (Confissão: isso é na verdade vinte minutos depois de retirá-lo do forno. Eu fui inevitavelmente desviado. Acontece nesta minha casa esquecida por Deus.)

Mas isso está tudo no passado agora. Está vendo aquele alho delicioso, torrado e com nozes dentro da casca de papel? Oh? Você não consegue ver? Well & helliplet & rsquos dê uma olhada mais de perto.

Oh, meu Deus, louise, grande Irmã da Agonia Perpétua, olhe só para isso!

Agora, para extrair os cravos torrados, basta agarrar a parte inferior da cabeça e apertar suavemente até os cravos saltarem. Eles devem ser bastante piegas.

Oh minha palavra. Apenas venha e me pegue, seu alho hunka hunka queimando & rsquo (assado). este, meus amigos, é a verdadeira essência da vida.

As aplicações para usar alho torrado são infinitas. Você pode espalhar um pouco dessa delícia amanteigada e de nozes em um pedaço de baguete crocante. Ou você pode misturá-lo em seu prato de massa ou sopas favoritas. Ou você pode amassá-lo com um pouco de sal e azeite e espalhar sobre a crosta de uma pizza antes de adicionar os outros ingredientes.


How To & hellipRoast Garlic

Neste post, vou cobrir a etapa de assar o alho. É uma habilidade muito simples e tenho certeza de que muitos de vocês já entenderam, mas para aqueles que não assam alho regularmente, CONFIE EM MIM: você está vagando em um vazio gastronômico. E a única coisa no universo que irá preencher o vazio e transformá-lo na pessoa completa e completa que sua avó pretendia que você fosse é alho assado. O sabor é incrível, não há nada parecido na terra.

A primeira coisa que você precisa fazer é pegar um monte de cabeças de alho. Tente não comprá-los muito pequenos. Em seguida, corte apenas o suficiente da parte superior para expor todos os cravos de dentro.

Em seguida, encontre uma de suas mais antigas e queridas formas de torta. Eu gosto mais deste, especialmente porque ainda tem os restos de uma velha torta queimada nas bordas. É um lembrete para mim de minha imperfeição crônica e eterna. De qualquer forma, quando você ficar chafurdando em dúvidas sobre o fato de que uma de suas panelas limpas na verdade não está limpa, regue um pouco de azeite (1 ou 2 colheres de sopa) na panela.

Em seguida, apenas incline a panela para cobrir completamente o fundo.

Em seguida, coloque as cabeças de alho, com o lado cortado para cima, na panela. Se as cabeças não derem certo na assadeira, dê uma pequena fatia no fundo para igualar. Meu traseiro estava realmente plano para começar, então eu não tive que fazer nada. (Observação: eu não disse MEU FUNDO é plano. Não é. De jeito nenhum. Eu gostaria que fosse, mas não é. E eu não quero mais falar sobre isso, então pare de tocar no assunto.)

Eles se parecem um pouco com alguma forma bizarra de criatura marinha neste ponto, não é? Exceto que eles não estão submersos na água. Então, deixa pra lá.

Regue o cravo exposto com azeite. Você quer que eles tenham uma camada de umidade para que não queimem facilmente.

Em seguida, polvilhe o cravo com sal. Gosto de sal Kosher e sempre mantenho um pequeno prato dele no fogão.

Aqui está meu prato de sal Kosher. E está no meu fogão. Eu te disse!

A razão pela qual o sal Kosher é chamado de sal Kosher, e eu conto com meus amigos judeus entre vocês para me corrigir se eu estiver errado, é não porque o sal, em si, é kosher. É que é usado por açougueiros para fazer carnes Kosher (sua qualidade plana e escamosa adere mais facilmente à superfície da carne e ajuda a tirar o sangue.) Eu adoro usá-lo na culinária porque é fácil de agarrar e polvilhar sobre a comidae é mais fácil controlar a concentração de sal do que o sal de mesa comum.

De qualquer forma, depois de salgar os cravos, você vai querer salpicá-los também.

E olhe! Eu finalmente comprei um moinho de pimenta novo depois que meus meninos roubaram e destruíram o meu antigo ano passado. Selvagens.

Agora eles estão prontos para estourar em um forno a 375 graus.

Mas, primeiro, cubra a panela com papel alumínio.

Em seguida, leve ao forno por 40 a 45 minutos.

E quando você o remove, o alho fica assim. (Confissão: isso é na verdade vinte minutos depois de retirá-lo do forno. Eu fui inevitavelmente desviado. Acontece nesta minha casa esquecida por Deus.)

Mas isso está tudo no passado agora. Vê aquele alho delicioso, torrado e com nozes dentro da casca de papel? Oh? Você não consegue ver? Well & helliplet & rsquos dê uma olhada mais de perto.

Oh, meu Deus, louise, grande Irmã da Agonia Perpétua, olhe só para isso!

Agora, para extrair os cravos torrados, basta agarrar a parte inferior da cabeça e apertar suavemente até os cravos saltarem. Eles devem ser bastante piegas.

Oh minha palavra. Apenas venha e me pegue, seu alho hunka hunka queimando & rsquo (assado). este, meus amigos, é a verdadeira essência da vida.

As aplicações para usar alho torrado são infinitas. Você pode espalhar um pouco dessa delícia amanteigada e de nozes em um pedaço de baguete crocante. Ou você pode misturá-lo em seu prato de massa ou sopas favoritas. Ou você pode amassá-lo com um pouco de sal e azeite e espalhar sobre a crosta de uma pizza antes de adicionar os outros ingredientes.


How To & hellipRoast Garlic

Neste post, vou cobrir a etapa de assar o alho. É uma habilidade muito simples e tenho certeza de que muitos de vocês já entenderam, mas para aqueles de vocês que não assam alho regularmente, CONFIE EM MIM: você está vagando em um vazio culinário. And the only thing in the universe that will fill the void and turn you into the whole, well-rounded person your grandmother intended you to be is roasted garlic. The flavor is&hellipwell, there&rsquos nothing like it on earth.

The first thing you need to do is grab a bunch of heads of garlic. Try not to buy them too small. Then, cut off just enough of the top to expose all of the cloves inside.

Next, find one of your oldest, dearest pie pans. I like this one best, especially because it still has the remnants of an old burned pie along the edges. It&rsquos a reminder to me of my chronic and eternal imperfection. Anyway, when you&rsquore through wallowing around in self doubt over the fact that one of your clean pans actually isn&rsquot clean at all, drizzle a little olive oil (1 or 2 tablespoons) in the pan.

Then, just tilt the pan around to coat the bottom thoroughly.

Next, place the garlic heads, cut side up, in the pan. If the heads won&rsquot sit flat on the pan, just give the bottom a little slice to even it out. My bottoms were really flat to begin with, so I didn&rsquot have to do anything. (Note: I did not say MY BOTTOM is flat. It isn&rsquot. Not at all. I wish it were, but it isn&rsquot. And I don&rsquot want to talk about this anymore so please stop bringing it up.)

They look a bit like some bizarre form of sea creature at this point, don&rsquot they? Except they&rsquore not submerged in water. So never mind.

Drizzle the exposed cloves with olive oil. You want them to have a coating of moisture so they won&rsquot burn easily.

Then, sprinkle the cloves with salt. I like Kosher salt, and I keep a little dish of it on my stove at all times.

Here&rsquos my dish of Kosher salt. And it&rsquos on my stove. I told you!

The reason Kosher salt is called Kosher salt, and I&rsquoll count on my Jewish friends among you to correct me if I&rsquom wrong, is não because the salt, in itself, is kosher. It&rsquos that it&rsquos used by butchers to make carnes kosher (its flat, flaky quality adheres more readily to the surface of the meat and aids in drawing out the blood.) I love to use it in cooking because it&rsquos easy to grab and sprinkle over foode it&rsquos easier to control the salt concentration than regular table salt.

Anyway, after you salt the cloves, you&rsquoll want to pepper them, too.

And look! I finally bought myself a new peppermill after my boys commandeered and destroyed my old one last year. Savages.

Now they&rsquore ready to pop in a 375-degree oven.

But first, cover the pan with aluminum foil.

Then place it into the oven for 40 to 45 minutes.

And when you remove it, the garlic will look like this. (Confession: this is actually twenty minutes after I removed it from the oven. I was unavoidably sidetracked. It happens in this godforsaken house of mine.)

But that&rsquos all in the past now. See that delicious, nutty, roasted garlic inside the papery skin? Oh? You can&rsquot see it? Well&helliplet&rsquos take a closer look.

Oh my geez louise great Sister of Perpetual Agony, will you look at that!

Now, all you have to do to extract the roasted cloves is to grab the bottom of the head and gently squeeze until the cloves pop out. They should be quite mushy.

Oh my word. Just come and get me, you hunka hunka burnin&rsquo (roasted) garlic. este, my friends, is what life is really all about.

The applications for using roasted garlic are endless. You can spread some of this buttery, nutty deliciousness on a piece of crusty baguette. Ou you can stir it into your favorite pasta dish or soups. Ou you can mash it with a little salt and olive oil and spread it on a pizza crust before adding the other ingredients.


How To&hellipRoast Garlic

In this post, I&rsquoll be covering the step of roasting garlic. It&rsquos a very simple skill and I&rsquom sure many of you have down pat, but for those of you who don&rsquot roast garlic on a regular basis, TRUST ME: you&rsquore wandering around in a culinary void. And the only thing in the universe that will fill the void and turn you into the whole, well-rounded person your grandmother intended you to be is roasted garlic. The flavor is&hellipwell, there&rsquos nothing like it on earth.

The first thing you need to do is grab a bunch of heads of garlic. Try not to buy them too small. Then, cut off just enough of the top to expose all of the cloves inside.

Next, find one of your oldest, dearest pie pans. I like this one best, especially because it still has the remnants of an old burned pie along the edges. It&rsquos a reminder to me of my chronic and eternal imperfection. Anyway, when you&rsquore through wallowing around in self doubt over the fact that one of your clean pans actually isn&rsquot clean at all, drizzle a little olive oil (1 or 2 tablespoons) in the pan.

Then, just tilt the pan around to coat the bottom thoroughly.

Next, place the garlic heads, cut side up, in the pan. If the heads won&rsquot sit flat on the pan, just give the bottom a little slice to even it out. My bottoms were really flat to begin with, so I didn&rsquot have to do anything. (Note: I did not say MY BOTTOM is flat. It isn&rsquot. Not at all. I wish it were, but it isn&rsquot. And I don&rsquot want to talk about this anymore so please stop bringing it up.)

They look a bit like some bizarre form of sea creature at this point, don&rsquot they? Except they&rsquore not submerged in water. So never mind.

Drizzle the exposed cloves with olive oil. You want them to have a coating of moisture so they won&rsquot burn easily.

Then, sprinkle the cloves with salt. I like Kosher salt, and I keep a little dish of it on my stove at all times.

Here&rsquos my dish of Kosher salt. And it&rsquos on my stove. I told you!

The reason Kosher salt is called Kosher salt, and I&rsquoll count on my Jewish friends among you to correct me if I&rsquom wrong, is não because the salt, in itself, is kosher. It&rsquos that it&rsquos used by butchers to make carnes kosher (its flat, flaky quality adheres more readily to the surface of the meat and aids in drawing out the blood.) I love to use it in cooking because it&rsquos easy to grab and sprinkle over foode it&rsquos easier to control the salt concentration than regular table salt.

Anyway, after you salt the cloves, you&rsquoll want to pepper them, too.

And look! I finally bought myself a new peppermill after my boys commandeered and destroyed my old one last year. Savages.

Now they&rsquore ready to pop in a 375-degree oven.

But first, cover the pan with aluminum foil.

Then place it into the oven for 40 to 45 minutes.

And when you remove it, the garlic will look like this. (Confession: this is actually twenty minutes after I removed it from the oven. I was unavoidably sidetracked. It happens in this godforsaken house of mine.)

But that&rsquos all in the past now. See that delicious, nutty, roasted garlic inside the papery skin? Oh? You can&rsquot see it? Well&helliplet&rsquos take a closer look.

Oh my geez louise great Sister of Perpetual Agony, will you look at that!

Now, all you have to do to extract the roasted cloves is to grab the bottom of the head and gently squeeze until the cloves pop out. They should be quite mushy.

Oh my word. Just come and get me, you hunka hunka burnin&rsquo (roasted) garlic. este, my friends, is what life is really all about.

The applications for using roasted garlic are endless. You can spread some of this buttery, nutty deliciousness on a piece of crusty baguette. Ou you can stir it into your favorite pasta dish or soups. Ou you can mash it with a little salt and olive oil and spread it on a pizza crust before adding the other ingredients.


How To&hellipRoast Garlic

In this post, I&rsquoll be covering the step of roasting garlic. It&rsquos a very simple skill and I&rsquom sure many of you have down pat, but for those of you who don&rsquot roast garlic on a regular basis, TRUST ME: you&rsquore wandering around in a culinary void. And the only thing in the universe that will fill the void and turn you into the whole, well-rounded person your grandmother intended you to be is roasted garlic. The flavor is&hellipwell, there&rsquos nothing like it on earth.

The first thing you need to do is grab a bunch of heads of garlic. Try not to buy them too small. Then, cut off just enough of the top to expose all of the cloves inside.

Next, find one of your oldest, dearest pie pans. I like this one best, especially because it still has the remnants of an old burned pie along the edges. It&rsquos a reminder to me of my chronic and eternal imperfection. Anyway, when you&rsquore through wallowing around in self doubt over the fact that one of your clean pans actually isn&rsquot clean at all, drizzle a little olive oil (1 or 2 tablespoons) in the pan.

Then, just tilt the pan around to coat the bottom thoroughly.

Next, place the garlic heads, cut side up, in the pan. If the heads won&rsquot sit flat on the pan, just give the bottom a little slice to even it out. My bottoms were really flat to begin with, so I didn&rsquot have to do anything. (Note: I did not say MY BOTTOM is flat. It isn&rsquot. Not at all. I wish it were, but it isn&rsquot. And I don&rsquot want to talk about this anymore so please stop bringing it up.)

They look a bit like some bizarre form of sea creature at this point, don&rsquot they? Except they&rsquore not submerged in water. So never mind.

Drizzle the exposed cloves with olive oil. You want them to have a coating of moisture so they won&rsquot burn easily.

Then, sprinkle the cloves with salt. I like Kosher salt, and I keep a little dish of it on my stove at all times.

Here&rsquos my dish of Kosher salt. And it&rsquos on my stove. I told you!

The reason Kosher salt is called Kosher salt, and I&rsquoll count on my Jewish friends among you to correct me if I&rsquom wrong, is não because the salt, in itself, is kosher. It&rsquos that it&rsquos used by butchers to make carnes kosher (its flat, flaky quality adheres more readily to the surface of the meat and aids in drawing out the blood.) I love to use it in cooking because it&rsquos easy to grab and sprinkle over foode it&rsquos easier to control the salt concentration than regular table salt.

Anyway, after you salt the cloves, you&rsquoll want to pepper them, too.

And look! I finally bought myself a new peppermill after my boys commandeered and destroyed my old one last year. Savages.

Now they&rsquore ready to pop in a 375-degree oven.

But first, cover the pan with aluminum foil.

Then place it into the oven for 40 to 45 minutes.

And when you remove it, the garlic will look like this. (Confession: this is actually twenty minutes after I removed it from the oven. I was unavoidably sidetracked. It happens in this godforsaken house of mine.)

But that&rsquos all in the past now. See that delicious, nutty, roasted garlic inside the papery skin? Oh? You can&rsquot see it? Well&helliplet&rsquos take a closer look.

Oh my geez louise great Sister of Perpetual Agony, will you look at that!

Now, all you have to do to extract the roasted cloves is to grab the bottom of the head and gently squeeze until the cloves pop out. They should be quite mushy.

Oh my word. Just come and get me, you hunka hunka burnin&rsquo (roasted) garlic. este, my friends, is what life is really all about.

The applications for using roasted garlic are endless. You can spread some of this buttery, nutty deliciousness on a piece of crusty baguette. Ou you can stir it into your favorite pasta dish or soups. Ou you can mash it with a little salt and olive oil and spread it on a pizza crust before adding the other ingredients.


Assista o vídeo: PowerPoint 2013 em diante - Apresentação de slides profissional em poucos minutos (Outubro 2021).