Novas receitas

Posso usar um cupom em um encontro?

Posso usar um cupom em um encontro?

Independentemente do seu sexo, oferecer-se para pagar a conta em um encontro é uma maneira bastante infalível de ganhar pontos. (E se o seu encontro for bem, eles vão tratá-lo da próxima vez, certo?) Mas e se você pagar a conta com um cupom? Seu par ficará impressionado com sua capacidade de economizar dinheiro, o que, afinal, denota atributos datáveis ​​como responsabilidade fiscal e maturidade? Ou será que o seu par apenas pensará que você é, bem, barato?

Couponcabin.com recentemente fez uma pesquisa para avaliar como os americanos se sentem ao usar um cupom em um encontro.

Aparentemente, apenas 6% dos adultos de 18 a 34 anos ficariam "ofendidos" se alguém quebrasse um cupom no primeiro encontro. (Então, se acontecer de você se encontrar em um encontro com alguém que está desanimado com a sua frugalidade, saiba que 94 por cento do resto do seu pool de namoro se sente diferente.)

Na verdade, 32% dos homens e 35% das mulheres se sentiriam "indiferentes" se o namorado usasse um cupom. Lembre-se de que da próxima vez você está suando muito com a perspectiva de oferecer seu cupom de "US $ 5 de desconto na compra de pipoca" na noite do encontro.

Em geral, 70% dos solteiros dizem que usar um cupom no primeiro encontro é inteligente. Mais ou menos o que dissemos o tempo todo: namorar tem que ser divertido, mas não precisa ser caro ou extravagante.

Etiqueta de cupom para encontro noturno

1. Se você tiver um cupom para uma oferta ou compra específica, avise sua data com antecedência. Se você tentar orientá-los na escolha de um determinado item do menu, bebida ou horário do show e depois abrir o cupom correspondente, eles se sentirão confusos.

2. Torne o cupom opcional. Diga a eles que você tem um cupom para uma sobremesa grátis com a compra de uma enchilada, mas se eles estão decididos a fazer um burrito, não os force a abrir mão dele.

3. Mesmo se eles estiverem pagando, ofereça seu desconto. Se o seu acompanhante está pagando generosamente por, digamos, ingressos para uma palestra de arte, mas você recebe um desconto de 15% porque é membro do museu, não fique quieto! Ofereça-se para dar-lhes o seu cartão ou para obter os bilhetes você mesmo - eles podem aceitar ou recatar.

4. Você pode até criar uma data em torno de um cupom, se for sincero! Existe um cara ou uma garota que você gosta? Diga a eles que você acabou de comprar um Groupon ou um negócio para um curso de degustação de cerveja / show de dança / passeio de barco. Eles querem vir conosco? Dessa forma, seu encontro se torna menos sobre economizar dinheiro e mais sobre uma atividade.

5. Cuidado com cupons extremos! Usar um cupom em um encontro é bom, até mesmo admirável. Aparecer com um livreto de cupons e um plano complicado para tirar cada centavo possível de um negócio é um pouco ... agressivo, para um primeiro encontro. Lembre-se de que você está usando seu cupom para namorar, não para namorar, então você pode usar seu cupom. (Distinção importante.)

- Chiara Atik, e nós

Links Relacionados:

20 perguntas que poderíamos fazer no primeiro encontro (mas realmente fariam)

15 sinais de que haverá um segundo encontro

O que suas bebidas dizem sobre você em um encontro


Por quanto tempo os alimentos enlatados são válidos após a data de validade?

Quando foi a última vez que você limpou seu armário de guloseimas enlatadas? Recentemente, fui à despensa de um amigo e encontrei algumas latas que datam de 1988! Desnecessário dizer que esses bebês foram jogados fora. Mas e quanto às latas cuja data de validade já passou por algumas semanas, meses ou mesmo anos? Aqui estão algumas diretrizes sobre o que jogar fora e o que guardar.

Etiquetas em latas

Alimentos enlatados não têm data de validade. Em vez disso, os dois rótulos principais que você encontrará nas latas incluem a data de validade ou validade. Aqui está o que esses termos significam:

  • Data “Best-By”: É o momento recomendado para a utilização do produto para a melhor qualidade física e / ou sensorial. A data é recomendada pelo fabricante do alimento.
  • Data de “validade”: este termo se refere aos dias finais em que o produto estará em seu pico de frescor, sabor e textura. Após esta data, a qualidade da comida piora, mas ainda é comestível. Esta data é recomendada pelo fabricante do alimento.

De acordo com o Instituto do Fabricante de Latas, “enlatar é um processo de alta temperatura, por isso preserva os alimentos e evita o crescimento de quaisquer organismos nocivos. Alimentos enlatados são seguros para sempre, mas é um problema de qualidade quando você tem uma data de validade ou validade. ” Você deve usar seus alimentos enlatados dentro de alguns anos para obter a melhor qualidade do produto.

Como você armazena suas latas é importante

De acordo com o Instituto do Fabricante de Latas, "Ao contrário da alta taxa de deterioração de produtos frescos, as latas de aço para alimentos são como um cofre que protege os alimentos do ar e da luz, protegendo o frescor e a nutrição e evitando a deterioração". No entanto, você ainda precisa fazer sua parte e certificar-se de examinar as latas no momento da compra e armazená-las corretamente.

De acordo com o Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar (FSIS) do USDA, você não deve comprar latas que estejam estufadas, vazando, enferrujadas ou profundamente amassadas, e deve armazenar as latas em um local fresco e escuro. Idealmente, a temperatura deve estar abaixo de 85 graus Fahrenheit. Temperaturas acima de 100 graus Fahrenheit são potencialmente prejudiciais para os produtos enlatados. Não guarde as latas acima ou ao lado do fogão, embaixo da pia, em uma garagem ou porão úmido, ou em qualquer área que esteja exposta a temperaturas muito altas ou muito baixas. Também é uma boa ideia verificar sua despensa de vez em quando (como a cada poucas semanas) para se certificar de que seus produtos enlatados estão em boas condições (ou seja, sem vazamentos, protuberâncias, ferrugem ou amassados ​​profundos). De acordo com o Can Manufacturer’s Institute, "não houve uma única incidência relatada de doenças transmitidas por alimentos por falha da embalagem de metal em mais de 40 anos e o consumo de trilhões de latas."

Existem benefícios para alimentos enlatados

São tantos os benefícios do uso de alimentos enlatados. O aspecto da segurança já foi discutido, mas os alimentos enlatados também fornecem nutrição, conveniência e ajudam a minimizar os custos dos alimentos. De acordo com as diretrizes dietéticas de 2015 para americanos, apenas 9% dos americanos atendem à ingestão recomendada de vegetais e 12% atendem à ingestão recomendada de frutas. Frutas e vegetais enlatados têm o mesmo conteúdo nutricional e, às vezes, até melhor conteúdo nutricional, em comparação com suas contrapartes frescas ou congeladas. Por exemplo, tomates enlatados têm maiores quantidades de licopeno em comparação com tomates frescos. O licopeno é um composto natural da planta encontrado no tomate que tem sido associado à redução do risco de câncer. Além disso, os tomates enlatados têm mais vitaminas B do que os tomates frescos.

Alimentos enlatados também ajudam a reduzir os custos dos alimentos. Os alimentos enlatados custam até 20% menos do que os frescos e até metade do custo dos congelados. Alimentos enlatados também estão disponíveis durante todo o ano e são muito convenientes (eu, pessoalmente, adoro feijão enlatado!). Embora você possa tentar comprar todos os alimentos frescos, a realidade é que 15% a 20% dos produtos frescos são misturados e variedades em lata estão disponíveis durante todo o ano.

Por último, você sabia que essas latas são infinitamente recicláveis? As latas de aço para alimentos têm uma taxa de reciclagem mais de 2,5 vezes maior do que outras opções de embalagem, tornando-as uma escolha ecologicamente correta.

Resultado

Alimentos enlatados são uma opção nutritiva, sustentável e econômica. Quando armazenados adequadamente, os alimentos enlatados são bons por vários anos.


Por quanto tempo os alimentos enlatados são válidos após a data de validade?

Quando foi a última vez que você limpou seu armário de guloseimas enlatadas? Recentemente, fui à despensa de um amigo e encontrei algumas latas que datam de 1988! Desnecessário dizer que esses bebês foram jogados fora. Mas e quanto às latas cuja data de validade já passou por algumas semanas, meses ou mesmo anos? Aqui estão algumas diretrizes sobre o que jogar fora e o que guardar.

Etiquetas em latas

Alimentos enlatados não têm data de validade. Em vez disso, os dois rótulos principais que você encontrará nas latas incluem a data de validade ou validade. Aqui está o que esses termos significam:

  • Data “Best-By”: É o momento recomendado para a utilização do produto para a melhor qualidade física e / ou sensorial. A data é recomendada pelo fabricante do alimento.
  • Data de “validade”: este termo se refere aos dias finais em que o produto estará em seu pico de frescor, sabor e textura. Após esta data, a qualidade da comida piora, mas ainda é comestível. Esta data é recomendada pelo fabricante do alimento.

De acordo com o Instituto do Fabricante de Latas, “enlatar é um processo de alta temperatura, por isso preserva os alimentos e evita o crescimento de quaisquer organismos nocivos. Alimentos enlatados são seguros para sempre, mas é um problema de qualidade quando você tem uma data de validade ou validade. ” Você deve usar seus alimentos enlatados dentro de alguns anos para obter a melhor qualidade do produto.

Como você armazena suas latas é importante

De acordo com o Instituto do Fabricante de Latas, "Ao contrário da alta taxa de deterioração de produtos frescos, as latas de aço para alimentos são como um cofre que protege os alimentos do ar e da luz, protegendo o frescor e a nutrição e evitando a deterioração". No entanto, você ainda precisa fazer sua parte e certificar-se de examinar as latas no momento da compra e armazená-las corretamente.

De acordo com o Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar (FSIS) do USDA, você não deve comprar latas que estejam estufadas, vazando, enferrujadas ou profundamente amassadas, e deve armazenar as latas em um local fresco e escuro. Idealmente, a temperatura deve estar abaixo de 85 graus Fahrenheit. Temperaturas acima de 100 graus Fahrenheit são potencialmente prejudiciais para os produtos enlatados. Não guarde as latas acima ou ao lado do fogão, embaixo da pia, em uma garagem ou porão úmido, ou em qualquer área que esteja exposta a temperaturas muito altas ou muito baixas. Também é uma boa ideia verificar sua despensa de vez em quando (como a cada poucas semanas) para se certificar de que seus produtos enlatados estão em boas condições (ou seja, sem vazamentos, protuberâncias, ferrugem ou amassados ​​profundos). De acordo com o Can Manufacturer’s Institute, "não houve uma única incidência relatada de doenças transmitidas por alimentos por falha da embalagem de metal em mais de 40 anos e o consumo de trilhões de latas."

Existem benefícios para alimentos enlatados

São tantos os benefícios do uso de alimentos enlatados. O aspecto da segurança já foi discutido, mas os alimentos enlatados também fornecem nutrição, conveniência e ajudam a minimizar os custos dos alimentos. De acordo com as diretrizes dietéticas de 2015 para americanos, apenas 9% dos americanos atendem à ingestão recomendada de vegetais e 12% atendem à ingestão recomendada de frutas. Frutas e vegetais enlatados têm o mesmo conteúdo nutricional e, às vezes, até melhor conteúdo nutricional, em comparação com suas contrapartes frescas ou congeladas. Por exemplo, tomates enlatados têm maiores quantidades de licopeno em comparação com tomates frescos. O licopeno é um composto natural da planta encontrado no tomate que tem sido associado à redução do risco de câncer. Além disso, os tomates enlatados têm mais vitaminas B do que os tomates frescos.

Alimentos enlatados também ajudam a reduzir os custos dos alimentos. Os alimentos enlatados custam até 20% menos do que os frescos e até metade do custo dos congelados. Alimentos enlatados também estão disponíveis durante todo o ano e são muito convenientes (eu, pessoalmente, adoro feijão enlatado!). Embora você possa tentar comprar todos os alimentos frescos, a realidade é que 15% a 20% dos produtos frescos são misturados e variedades em lata estão disponíveis durante todo o ano.

Por último, você sabia que essas latas são infinitamente recicláveis? As latas de aço para alimentos têm uma taxa de reciclagem mais de 2,5 vezes maior do que outras opções de embalagem, tornando-as uma escolha ecologicamente correta.

Resultado

Alimentos enlatados são uma opção nutritiva, sustentável e econômica. Quando armazenados adequadamente, os alimentos enlatados são bons por vários anos.


Por quanto tempo os alimentos enlatados são válidos após a data de validade?

Quando foi a última vez que você limpou seu armário de guloseimas enlatadas? Recentemente, fui à despensa de um amigo e encontrei algumas latas que datam de 1988! Desnecessário dizer que esses bebês foram jogados fora. Mas e quanto às latas cuja data de validade já passou por algumas semanas, meses ou mesmo anos? Aqui estão algumas diretrizes sobre o que jogar fora e o que guardar.

Etiquetas em latas

Alimentos enlatados não têm data de validade. Em vez disso, os dois rótulos principais que você encontrará nas latas incluem a data de validade ou validade. Aqui está o que esses termos significam:

  • Data “Best-By”: É o momento recomendado para a utilização do produto para a melhor qualidade física e / ou sensorial. A data é recomendada pelo fabricante do alimento.
  • Data de “validade”: este termo se refere aos dias finais em que o produto estará em seu pico de frescor, sabor e textura. Após esta data, a qualidade da comida piora, mas ainda é comestível. Esta data é recomendada pelo fabricante do alimento.

De acordo com o Instituto do Fabricante de Latas, “enlatar é um processo de alta temperatura, por isso preserva os alimentos e evita o crescimento de quaisquer organismos nocivos. Alimentos enlatados são seguros para sempre, mas é um problema de qualidade quando você tem uma data de validade ou validade. ” Você deve usar seus alimentos enlatados dentro de alguns anos para obter a melhor qualidade do produto.

Como você armazena suas latas é importante

De acordo com o Instituto do Fabricante de Latas, "Ao contrário da alta taxa de deterioração de produtos frescos, as latas de aço para alimentos são como um cofre que protege os alimentos do ar e da luz, protegendo o frescor e a nutrição e evitando a deterioração". No entanto, você ainda precisa fazer sua parte e certificar-se de examinar as latas no momento da compra e armazená-las corretamente.

De acordo com o Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar (FSIS) do USDA, você não deve comprar latas que estejam estufadas, vazando, enferrujadas ou profundamente amassadas, e deve armazenar as latas em um local fresco e escuro. Idealmente, a temperatura deve estar abaixo de 85 graus Fahrenheit. Temperaturas acima de 100 graus Fahrenheit são potencialmente prejudiciais para os produtos enlatados. Não guarde as latas acima ou ao lado do fogão, embaixo da pia, em uma garagem ou porão úmido, ou em qualquer área que esteja exposta a temperaturas muito altas ou muito baixas. Também é uma boa ideia verificar sua despensa de vez em quando (como a cada poucas semanas) para se certificar de que seus produtos enlatados estão em boas condições (ou seja, sem vazamentos, protuberâncias, ferrugem ou amassados ​​profundos). De acordo com o Can Manufacturer’s Institute, "não houve uma única incidência relatada de doenças transmitidas por alimentos por falha da embalagem de metal em mais de 40 anos e o consumo de trilhões de latas."

Existem benefícios para alimentos enlatados

São tantos os benefícios do uso de alimentos enlatados. O aspecto da segurança já foi discutido, mas os alimentos enlatados também fornecem nutrição, conveniência e ajudam a minimizar os custos dos alimentos. De acordo com as diretrizes dietéticas de 2015 para americanos, apenas 9% dos americanos atendem à ingestão recomendada de vegetais e 12% atendem à ingestão recomendada de frutas. Frutas e vegetais enlatados têm o mesmo conteúdo nutricional e, às vezes, até melhor conteúdo nutricional, em comparação com suas contrapartes frescas ou congeladas. Por exemplo, tomates enlatados têm maiores quantidades de licopeno em comparação com tomates frescos. O licopeno é um composto natural da planta encontrado no tomate que tem sido associado à redução do risco de câncer. Além disso, os tomates enlatados têm mais vitaminas B do que os tomates frescos.

Alimentos enlatados também ajudam a reduzir os custos dos alimentos. Os alimentos enlatados custam até 20% menos do que os frescos e até metade do custo dos congelados. Alimentos enlatados também estão disponíveis durante todo o ano e são muito convenientes (eu, pessoalmente, adoro feijão enlatado!). Embora você possa tentar comprar todos os alimentos frescos, a realidade é que 15% a 20% dos produtos frescos são misturados e variedades em lata estão disponíveis durante todo o ano.

Por último, você sabia que essas latas são infinitamente recicláveis? As latas de aço para alimentos têm uma taxa de reciclagem mais de 2,5 vezes maior do que outras opções de embalagem, tornando-as uma escolha ecologicamente correta.

Resultado

Alimentos enlatados são uma opção nutritiva, sustentável e econômica. Quando armazenados adequadamente, os alimentos enlatados são bons por vários anos.


Por quanto tempo os alimentos enlatados são válidos após a data de validade?

Quando foi a última vez que você limpou seu armário de guloseimas enlatadas? Recentemente, fui à despensa de um amigo e encontrei algumas latas que datam de 1988! Desnecessário dizer que esses bebês foram jogados fora. Mas e quanto às latas cuja data de validade já passou por algumas semanas, meses ou mesmo anos? Aqui estão algumas diretrizes sobre o que jogar fora e o que guardar.

Etiquetas em latas

Alimentos enlatados não têm data de validade. Em vez disso, os dois rótulos principais que você encontrará nas latas incluem a data de validade ou validade. Aqui está o que esses termos significam:

  • Data “Best-By”: É o momento recomendado para a utilização do produto para a melhor qualidade física e / ou sensorial. A data é recomendada pelo fabricante do alimento.
  • Data de “validade”: este termo se refere aos dias finais em que o produto estará em seu pico de frescor, sabor e textura. Após esta data, a qualidade da comida piora, mas ainda é comestível. Esta data é recomendada pelo fabricante do alimento.

De acordo com o Instituto do Fabricante de Latas, “enlatar é um processo de alta temperatura, por isso preserva os alimentos e evita o crescimento de quaisquer organismos nocivos. Alimentos enlatados são seguros para sempre, mas é um problema de qualidade quando você tem uma data de validade ou validade. ” Você deve usar seus alimentos enlatados dentro de alguns anos para obter a melhor qualidade do produto.

Como você armazena suas latas é importante

De acordo com o Instituto do Fabricante de Latas, "Ao contrário da alta taxa de deterioração de produtos frescos, as latas de aço para alimentos são como um cofre que protege os alimentos do ar e da luz, protegendo o frescor e a nutrição e evitando a deterioração". No entanto, você ainda precisa fazer sua parte e certificar-se de examinar as latas no momento da compra e armazená-las corretamente.

De acordo com o Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar (FSIS) do USDA, você não deve comprar latas que estejam estufadas, vazando, enferrujadas ou profundamente amassadas, e deve armazenar as latas em um local fresco e escuro. Idealmente, a temperatura deve estar abaixo de 85 graus Fahrenheit. Temperaturas acima de 100 graus Fahrenheit são potencialmente prejudiciais para os produtos enlatados. Não guarde as latas acima ou ao lado do fogão, embaixo da pia, em uma garagem ou porão úmido, ou em qualquer área que esteja exposta a temperaturas muito altas ou muito baixas. Também é uma boa ideia verificar sua despensa de vez em quando (como a cada poucas semanas) para se certificar de que seus produtos enlatados estão em boas condições (ou seja, sem vazamentos, protuberâncias, ferrugem ou amassados ​​profundos). De acordo com o Can Manufacturer’s Institute, "não houve uma única incidência relatada de doenças transmitidas por alimentos por falha da embalagem de metal em mais de 40 anos e o consumo de trilhões de latas."

Existem benefícios para alimentos enlatados

São tantos os benefícios do uso de alimentos enlatados. O aspecto da segurança já foi discutido, mas os alimentos enlatados também fornecem nutrição, conveniência e ajudam a minimizar os custos dos alimentos. De acordo com as diretrizes dietéticas de 2015 para americanos, apenas 9% dos americanos atendem à ingestão recomendada de vegetais e 12% atendem à ingestão recomendada de frutas. Frutas e vegetais enlatados têm o mesmo conteúdo nutricional e, às vezes, até melhor conteúdo nutricional, em comparação com suas contrapartes frescas ou congeladas. Por exemplo, tomates enlatados têm maiores quantidades de licopeno em comparação com tomates frescos. O licopeno é um composto natural da planta encontrado no tomate que tem sido associado à redução do risco de câncer. Além disso, os tomates enlatados têm mais vitaminas B do que os tomates frescos.

Alimentos enlatados também ajudam a reduzir os custos dos alimentos. Os alimentos enlatados custam até 20% menos do que os frescos e até metade do custo dos congelados. Alimentos enlatados também estão disponíveis durante todo o ano e são muito convenientes (eu, pessoalmente, adoro feijão enlatado!). Embora você possa tentar comprar todos os alimentos frescos, a realidade é que 15% a 20% dos produtos frescos são misturados e variedades em lata estão disponíveis durante todo o ano.

Por último, você sabia que essas latas são infinitamente recicláveis? As latas de aço para alimentos têm uma taxa de reciclagem mais de 2,5 vezes maior do que outras opções de embalagem, tornando-as uma escolha ecologicamente correta.

Resultado

Alimentos enlatados são uma opção nutritiva, sustentável e econômica. Quando armazenados adequadamente, os alimentos enlatados são bons por vários anos.


Por quanto tempo os alimentos enlatados são válidos após a data de validade?

Quando foi a última vez que você limpou seu armário de guloseimas enlatadas? Recentemente, fui à despensa de um amigo e encontrei algumas latas que datam de 1988! Desnecessário dizer que esses bebês foram jogados fora. Mas e quanto às latas cuja data de validade já passou por algumas semanas, meses ou mesmo anos? Aqui estão algumas diretrizes sobre o que jogar fora e o que guardar.

Etiquetas em latas

Alimentos enlatados não têm data de validade. Em vez disso, os dois rótulos principais que você encontrará nas latas incluem a data de validade ou validade. Aqui está o que esses termos significam:

  • Data “Best-By”: É o momento recomendado para a utilização do produto para a melhor qualidade física e / ou sensorial. A data é recomendada pelo fabricante do alimento.
  • Data de “validade”: este termo se refere aos dias finais em que o produto estará em seu pico de frescor, sabor e textura. Após esta data, a qualidade da comida piora, mas ainda é comestível. Esta data é recomendada pelo fabricante do alimento.

De acordo com o Instituto do Fabricante de Latas, “enlatar é um processo de alta temperatura, por isso preserva os alimentos e evita o crescimento de quaisquer organismos nocivos. Alimentos enlatados são seguros para sempre, mas é um problema de qualidade quando você tem uma data de validade ou validade. ” Você deve usar seus alimentos enlatados dentro de alguns anos para obter a melhor qualidade do produto.

Como você armazena suas latas é importante

De acordo com o Instituto do Fabricante de Latas, "Ao contrário da alta taxa de deterioração de produtos frescos, as latas de aço para alimentos são como um cofre que protege os alimentos do ar e da luz, protegendo o frescor e a nutrição e evitando a deterioração". No entanto, você ainda precisa fazer sua parte e certificar-se de examinar as latas no momento da compra e armazená-las corretamente.

De acordo com o Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar (FSIS) do USDA, você não deve comprar latas que estejam estufadas, vazando, enferrujadas ou profundamente amassadas, e deve armazenar as latas em um local fresco e escuro. Idealmente, a temperatura deve estar abaixo de 85 graus Fahrenheit. Temperaturas acima de 100 graus Fahrenheit são potencialmente prejudiciais para os produtos enlatados. Não guarde as latas acima ou ao lado do fogão, embaixo da pia, em uma garagem ou porão úmido, ou em qualquer área que esteja exposta a temperaturas muito altas ou muito baixas. Também é uma boa ideia verificar sua despensa de vez em quando (como a cada poucas semanas) para se certificar de que seus produtos enlatados estão em boas condições (ou seja, sem vazamentos, protuberâncias, ferrugem ou amassados ​​profundos). De acordo com o Can Manufacturer’s Institute, "não houve uma única incidência relatada de doenças transmitidas por alimentos por falha da embalagem de metal em mais de 40 anos e o consumo de trilhões de latas."

Existem benefícios para alimentos enlatados

São tantos os benefícios do uso de alimentos enlatados. O aspecto da segurança já foi discutido, mas os alimentos enlatados também fornecem nutrição, conveniência e ajudam a minimizar os custos dos alimentos. De acordo com as diretrizes dietéticas de 2015 para americanos, apenas 9% dos americanos atendem à ingestão recomendada de vegetais e 12% atendem à ingestão recomendada de frutas. Frutas e vegetais enlatados têm o mesmo conteúdo nutricional e, às vezes, até melhor conteúdo nutricional, em comparação com suas contrapartes frescas ou congeladas. Por exemplo, tomates enlatados têm maiores quantidades de licopeno em comparação com tomates frescos. O licopeno é um composto natural da planta encontrado no tomate que tem sido associado à redução do risco de câncer. Além disso, os tomates enlatados têm mais vitaminas B do que os tomates frescos.

Alimentos enlatados também ajudam a reduzir os custos dos alimentos. Os alimentos enlatados custam até 20% menos do que os frescos e até metade do custo dos congelados. Alimentos enlatados também estão disponíveis durante todo o ano e são muito convenientes (eu, pessoalmente, adoro feijão enlatado!). Embora você possa tentar comprar todos os alimentos frescos, a realidade é que 15% a 20% dos produtos frescos são misturados e variedades em lata estão disponíveis durante todo o ano.

Por último, você sabia que essas latas são infinitamente recicláveis? As latas de aço para alimentos têm uma taxa de reciclagem mais de 2,5 vezes maior do que outras opções de embalagem, tornando-as uma escolha ecologicamente correta.

Resultado

Alimentos enlatados são uma opção nutritiva, sustentável e econômica. Quando armazenados adequadamente, os alimentos enlatados são bons por vários anos.


Por quanto tempo os alimentos enlatados são válidos após a data de validade?

Quando foi a última vez que você limpou seu armário de guloseimas enlatadas? Recentemente, fui à despensa de um amigo e encontrei algumas latas que datam de 1988! Desnecessário dizer que esses bebês foram jogados fora. Mas e quanto às latas cuja data de validade já passou por algumas semanas, meses ou mesmo anos? Aqui estão algumas diretrizes sobre o que jogar fora e o que guardar.

Etiquetas em latas

Alimentos enlatados não têm data de validade. Em vez disso, os dois rótulos principais que você encontrará nas latas incluem a data de validade ou validade. Aqui está o que esses termos significam:

  • Data “Best-By”: É o momento recomendado para a utilização do produto para a melhor qualidade física e / ou sensorial. A data é recomendada pelo fabricante do alimento.
  • Data de “validade”: este termo se refere aos dias finais em que o produto estará em seu pico de frescor, sabor e textura. Após esta data, a qualidade da comida piora, mas ainda é comestível. Esta data é recomendada pelo fabricante do alimento.

De acordo com o Instituto do Fabricante de Latas, “enlatar é um processo de alta temperatura, por isso preserva os alimentos e evita o crescimento de quaisquer organismos nocivos. Alimentos enlatados são seguros para sempre, mas é um problema de qualidade quando você tem uma data de validade ou validade. ” Você deve usar seus alimentos enlatados dentro de alguns anos para obter a melhor qualidade do produto.

Como você armazena suas latas é importante

De acordo com o Instituto do Fabricante de Latas, "Ao contrário da alta taxa de deterioração de produtos frescos, as latas de aço para alimentos são como um cofre que protege os alimentos do ar e da luz, protegendo o frescor e a nutrição e evitando a deterioração". No entanto, você ainda precisa fazer sua parte e certificar-se de examinar as latas no momento da compra e armazená-las corretamente.

De acordo com o Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar (FSIS) do USDA, você não deve comprar latas que estejam estufadas, vazando, enferrujadas ou profundamente amassadas, e deve armazenar as latas em um local fresco e escuro. Idealmente, a temperatura deve estar abaixo de 85 graus Fahrenheit. Temperaturas acima de 100 graus Fahrenheit são potencialmente prejudiciais para os produtos enlatados. Não guarde as latas acima ou ao lado do fogão, embaixo da pia, em uma garagem ou porão úmido, ou em qualquer área que esteja exposta a temperaturas muito altas ou muito baixas. Também é uma boa ideia verificar sua despensa de vez em quando (como a cada poucas semanas) para se certificar de que seus produtos enlatados estão em boas condições (ou seja, sem vazamentos, protuberâncias, ferrugem ou amassados ​​profundos). De acordo com o Can Manufacturer’s Institute, "não houve uma única incidência relatada de doenças transmitidas por alimentos por falha da embalagem de metal em mais de 40 anos e o consumo de trilhões de latas."

Existem benefícios para alimentos enlatados

São tantos os benefícios do uso de alimentos enlatados. O aspecto da segurança já foi discutido, mas os alimentos enlatados também fornecem nutrição, conveniência e ajudam a minimizar os custos dos alimentos. De acordo com as diretrizes dietéticas de 2015 para americanos, apenas 9% dos americanos atendem à ingestão recomendada de vegetais e 12% atendem à ingestão recomendada de frutas. Frutas e vegetais enlatados têm o mesmo conteúdo nutricional e, às vezes, até melhor conteúdo nutricional, em comparação com suas contrapartes frescas ou congeladas. Por exemplo, tomates enlatados têm maiores quantidades de licopeno em comparação com tomates frescos. O licopeno é um composto natural da planta encontrado no tomate que tem sido associado à redução do risco de câncer. Além disso, os tomates enlatados têm mais vitaminas B do que os tomates frescos.

Alimentos enlatados também ajudam a reduzir os custos dos alimentos. Os alimentos enlatados custam até 20% menos do que os frescos e até metade do custo dos congelados. Alimentos enlatados também estão disponíveis durante todo o ano e são muito convenientes (eu, pessoalmente, adoro feijão enlatado!). Embora você possa tentar comprar todos os alimentos frescos, a realidade é que 15% a 20% dos produtos frescos são misturados e variedades em lata estão disponíveis durante todo o ano.

Por último, você sabia que essas latas são infinitamente recicláveis? As latas de aço para alimentos têm uma taxa de reciclagem mais de 2,5 vezes maior do que outras opções de embalagem, tornando-as uma escolha ecologicamente correta.

Resultado

Alimentos enlatados são uma opção nutritiva, sustentável e econômica. Quando armazenados adequadamente, os alimentos enlatados são bons por vários anos.


Por quanto tempo os alimentos enlatados são válidos após a data de validade?

Quando foi a última vez que você limpou seu armário de guloseimas enlatadas? Recentemente, fui à despensa de um amigo e encontrei algumas latas que datam de 1988! Desnecessário dizer que esses bebês foram jogados fora. Mas e quanto às latas cuja data de validade já passou por algumas semanas, meses ou mesmo anos? Aqui estão algumas diretrizes sobre o que jogar fora e o que guardar.

Etiquetas em latas

Alimentos enlatados não têm data de validade. Em vez disso, os dois rótulos principais que você encontrará nas latas incluem a data de validade ou validade. Aqui está o que esses termos significam:

  • Data “Best-By”: É o momento recomendado para a utilização do produto para a melhor qualidade física e / ou sensorial. A data é recomendada pelo fabricante do alimento.
  • Data de “validade”: este termo se refere aos dias finais em que o produto estará em seu pico de frescor, sabor e textura. Após esta data, a qualidade da comida piora, mas ainda é comestível. Esta data é recomendada pelo fabricante do alimento.

De acordo com o Instituto do Fabricante de Latas, “enlatar é um processo de alta temperatura, por isso preserva os alimentos e evita o crescimento de quaisquer organismos nocivos. Alimentos enlatados são seguros para sempre, mas é um problema de qualidade quando você tem uma data de validade ou validade. ” Você deve usar seus alimentos enlatados dentro de alguns anos para obter a melhor qualidade do produto.

Como você armazena suas latas é importante

De acordo com o Instituto do Fabricante de Latas, "Ao contrário da alta taxa de deterioração de produtos frescos, as latas de aço para alimentos são como um cofre que protege os alimentos do ar e da luz, protegendo o frescor e a nutrição e evitando a deterioração". No entanto, você ainda precisa fazer sua parte e certificar-se de examinar as latas no momento da compra e armazená-las corretamente.

De acordo com o Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar (FSIS) do USDA, você não deve comprar latas que estejam estufadas, vazando, enferrujadas ou profundamente amassadas, e deve armazenar as latas em um local fresco e escuro. Idealmente, a temperatura deve estar abaixo de 85 graus Fahrenheit. Temperaturas acima de 100 graus Fahrenheit são potencialmente prejudiciais para os produtos enlatados. Não guarde as latas acima ou ao lado do fogão, embaixo da pia, em uma garagem ou porão úmido, ou em qualquer área que esteja exposta a temperaturas muito altas ou muito baixas. Também é uma boa ideia verificar sua despensa de vez em quando (como a cada poucas semanas) para se certificar de que seus produtos enlatados estão em boas condições (ou seja, sem vazamentos, protuberâncias, ferrugem ou amassados ​​profundos). De acordo com o Can Manufacturer’s Institute, "não houve uma única incidência relatada de doenças transmitidas por alimentos por falha da embalagem de metal em mais de 40 anos e o consumo de trilhões de latas."

Existem benefícios para alimentos enlatados

São tantos os benefícios do uso de alimentos enlatados. The safety aspect has already been discussed, but canned foods also provide nutrition, convenience and help minimize food costs. According to the 2015 dietary guidelines for Americans, only 9% of Americans meet the recommended intake of vegetables, and 12% meet the recommended intake of fruit. Canned fruit and vegetables have the same nutritional content, and sometimes even better nutritional content, compared to their fresh or frozen counterparts. For example, canned tomatoes have higher amounts of lycopene compared to fresh tomatoes. Lycopene is a natural plant compound found in tomatoes that has been associated with reducing the risk of cancer. In addition, canned tomatoes have more B-vitamins compared to fresh tomatoes.

Canned foods also help lower food costs. Canned foods cost up to 20% less than their fresh counterparts and up to half the cost of frozen. Canned foods are also available year round, and are very convenient (I personally love canned beans!). Although you may try to buy all your food fresh, the reality is 15% to 20% of fresh produce is tossed and canned varieties are available all year round.

Lastly, did you know those cans are endlessly recyclable? Steel food cans have a recycling rate that is more than 2.5 times higher than other packaging options making it an environmentally-friendly choice.

Resultado

Canned food is a nutritious, sustainable and cost-friendly option. When stored properly, canned foods will be good for several years.


How Long Is Canned Food Good for After the Expiration Date?

When was the last time you cleaned out your cupboard of canned goodies? I recently went into a friend’s pantry and found some cans dating back to 1988! Needless to say, those babies got tossed out. But what about cans that are past their “use by” dates by a few weeks, months or even years? Here are some guidelines for what to toss and what to keep.

Labels On Cans

Canned foods don’t have an expiration date. Rather, the two main labels you’ll find on cans include the “best-by” or “use-by” date. Here is what these terms mean:

  • “Best-By” Date: This is the recommended time to use the product for the best physical and/or sensory quality. The date is recommended by the food manufacturer.
  • “Use-By” Date: This term refers to the final days that the product will be at its peak freshness, flavor and texture. After this date, the quality of the food deteriorates, but it is still edible. This date is recommended by the food manufacturer.

According to the Can Manufacturer’s Institute, “canning is a high-heat process, so it preserves food and prevents the growth of any bad organisms. Canned food is forever safe, but it’s a quality issue when you have a 'best-by' or 'use-by' date.” You should use your canned foods within a couple of years for the best quality of the product.

How You Store Your Cans Matters

According to the Can Manufacturer’s Institute, “Unlike the high spoilage rate of fresh products, steel food cans are like a vault protecting food from air and light, sealing in freshness and nutrition and preventing spoilage.” However, you still need to do your part and make sure to examine the cans upon purchase and store it correctly.

According to the USDA’s Food Safety and Inspection Service (FSIS), you should not purchase cans that are bulging, leaking, rusted or deeply dented, and shoudl store cans in a cool, dark place. Ideally the temperature should be below 85 degrees Fahrenheit. Temperatures over 100 degrees Fahrenheit are potentially harmful to the canned goods. Do not store cans above or next to the stove, under the sink, in a damp garage or basement, or any area that is exposed to very high or very low temperatures. It’s also a good idea to check your pantry every so often (like every few weeks) to make sure your canned goods are in good shape (meaning, no leaks, bulges, rust or deep dents). According to the Can Manufacturer’s Institute, “there has not been a single reported incidence of foodborne illness from failure of the metal packaging in more than 40 years and the consumption of trillions of cans.”

There Are Benefits to Canned Food

There are so many benefits of using canned foods. The safety aspect has already been discussed, but canned foods also provide nutrition, convenience and help minimize food costs. According to the 2015 dietary guidelines for Americans, only 9% of Americans meet the recommended intake of vegetables, and 12% meet the recommended intake of fruit. Canned fruit and vegetables have the same nutritional content, and sometimes even better nutritional content, compared to their fresh or frozen counterparts. For example, canned tomatoes have higher amounts of lycopene compared to fresh tomatoes. Lycopene is a natural plant compound found in tomatoes that has been associated with reducing the risk of cancer. In addition, canned tomatoes have more B-vitamins compared to fresh tomatoes.

Canned foods also help lower food costs. Canned foods cost up to 20% less than their fresh counterparts and up to half the cost of frozen. Canned foods are also available year round, and are very convenient (I personally love canned beans!). Although you may try to buy all your food fresh, the reality is 15% to 20% of fresh produce is tossed and canned varieties are available all year round.

Lastly, did you know those cans are endlessly recyclable? Steel food cans have a recycling rate that is more than 2.5 times higher than other packaging options making it an environmentally-friendly choice.

Resultado

Canned food is a nutritious, sustainable and cost-friendly option. When stored properly, canned foods will be good for several years.


How Long Is Canned Food Good for After the Expiration Date?

When was the last time you cleaned out your cupboard of canned goodies? I recently went into a friend’s pantry and found some cans dating back to 1988! Needless to say, those babies got tossed out. But what about cans that are past their “use by” dates by a few weeks, months or even years? Here are some guidelines for what to toss and what to keep.

Labels On Cans

Canned foods don’t have an expiration date. Rather, the two main labels you’ll find on cans include the “best-by” or “use-by” date. Here is what these terms mean:

  • “Best-By” Date: This is the recommended time to use the product for the best physical and/or sensory quality. The date is recommended by the food manufacturer.
  • “Use-By” Date: This term refers to the final days that the product will be at its peak freshness, flavor and texture. After this date, the quality of the food deteriorates, but it is still edible. This date is recommended by the food manufacturer.

According to the Can Manufacturer’s Institute, “canning is a high-heat process, so it preserves food and prevents the growth of any bad organisms. Canned food is forever safe, but it’s a quality issue when you have a 'best-by' or 'use-by' date.” You should use your canned foods within a couple of years for the best quality of the product.

How You Store Your Cans Matters

According to the Can Manufacturer’s Institute, “Unlike the high spoilage rate of fresh products, steel food cans are like a vault protecting food from air and light, sealing in freshness and nutrition and preventing spoilage.” However, you still need to do your part and make sure to examine the cans upon purchase and store it correctly.

According to the USDA’s Food Safety and Inspection Service (FSIS), you should not purchase cans that are bulging, leaking, rusted or deeply dented, and shoudl store cans in a cool, dark place. Ideally the temperature should be below 85 degrees Fahrenheit. Temperatures over 100 degrees Fahrenheit are potentially harmful to the canned goods. Do not store cans above or next to the stove, under the sink, in a damp garage or basement, or any area that is exposed to very high or very low temperatures. It’s also a good idea to check your pantry every so often (like every few weeks) to make sure your canned goods are in good shape (meaning, no leaks, bulges, rust or deep dents). According to the Can Manufacturer’s Institute, “there has not been a single reported incidence of foodborne illness from failure of the metal packaging in more than 40 years and the consumption of trillions of cans.”

There Are Benefits to Canned Food

There are so many benefits of using canned foods. The safety aspect has already been discussed, but canned foods also provide nutrition, convenience and help minimize food costs. According to the 2015 dietary guidelines for Americans, only 9% of Americans meet the recommended intake of vegetables, and 12% meet the recommended intake of fruit. Canned fruit and vegetables have the same nutritional content, and sometimes even better nutritional content, compared to their fresh or frozen counterparts. For example, canned tomatoes have higher amounts of lycopene compared to fresh tomatoes. Lycopene is a natural plant compound found in tomatoes that has been associated with reducing the risk of cancer. In addition, canned tomatoes have more B-vitamins compared to fresh tomatoes.

Canned foods also help lower food costs. Canned foods cost up to 20% less than their fresh counterparts and up to half the cost of frozen. Canned foods are also available year round, and are very convenient (I personally love canned beans!). Although you may try to buy all your food fresh, the reality is 15% to 20% of fresh produce is tossed and canned varieties are available all year round.

Lastly, did you know those cans are endlessly recyclable? Steel food cans have a recycling rate that is more than 2.5 times higher than other packaging options making it an environmentally-friendly choice.

Resultado

Canned food is a nutritious, sustainable and cost-friendly option. When stored properly, canned foods will be good for several years.


How Long Is Canned Food Good for After the Expiration Date?

When was the last time you cleaned out your cupboard of canned goodies? I recently went into a friend’s pantry and found some cans dating back to 1988! Needless to say, those babies got tossed out. But what about cans that are past their “use by” dates by a few weeks, months or even years? Here are some guidelines for what to toss and what to keep.

Labels On Cans

Canned foods don’t have an expiration date. Rather, the two main labels you’ll find on cans include the “best-by” or “use-by” date. Here is what these terms mean:

  • “Best-By” Date: This is the recommended time to use the product for the best physical and/or sensory quality. The date is recommended by the food manufacturer.
  • “Use-By” Date: This term refers to the final days that the product will be at its peak freshness, flavor and texture. After this date, the quality of the food deteriorates, but it is still edible. This date is recommended by the food manufacturer.

According to the Can Manufacturer’s Institute, “canning is a high-heat process, so it preserves food and prevents the growth of any bad organisms. Canned food is forever safe, but it’s a quality issue when you have a 'best-by' or 'use-by' date.” You should use your canned foods within a couple of years for the best quality of the product.

How You Store Your Cans Matters

According to the Can Manufacturer’s Institute, “Unlike the high spoilage rate of fresh products, steel food cans are like a vault protecting food from air and light, sealing in freshness and nutrition and preventing spoilage.” However, you still need to do your part and make sure to examine the cans upon purchase and store it correctly.

According to the USDA’s Food Safety and Inspection Service (FSIS), you should not purchase cans that are bulging, leaking, rusted or deeply dented, and shoudl store cans in a cool, dark place. Ideally the temperature should be below 85 degrees Fahrenheit. Temperatures over 100 degrees Fahrenheit are potentially harmful to the canned goods. Do not store cans above or next to the stove, under the sink, in a damp garage or basement, or any area that is exposed to very high or very low temperatures. It’s also a good idea to check your pantry every so often (like every few weeks) to make sure your canned goods are in good shape (meaning, no leaks, bulges, rust or deep dents). According to the Can Manufacturer’s Institute, “there has not been a single reported incidence of foodborne illness from failure of the metal packaging in more than 40 years and the consumption of trillions of cans.”

There Are Benefits to Canned Food

There are so many benefits of using canned foods. The safety aspect has already been discussed, but canned foods also provide nutrition, convenience and help minimize food costs. According to the 2015 dietary guidelines for Americans, only 9% of Americans meet the recommended intake of vegetables, and 12% meet the recommended intake of fruit. Canned fruit and vegetables have the same nutritional content, and sometimes even better nutritional content, compared to their fresh or frozen counterparts. For example, canned tomatoes have higher amounts of lycopene compared to fresh tomatoes. Lycopene is a natural plant compound found in tomatoes that has been associated with reducing the risk of cancer. In addition, canned tomatoes have more B-vitamins compared to fresh tomatoes.

Canned foods also help lower food costs. Canned foods cost up to 20% less than their fresh counterparts and up to half the cost of frozen. Canned foods are also available year round, and are very convenient (I personally love canned beans!). Although you may try to buy all your food fresh, the reality is 15% to 20% of fresh produce is tossed and canned varieties are available all year round.

Lastly, did you know those cans are endlessly recyclable? Steel food cans have a recycling rate that is more than 2.5 times higher than other packaging options making it an environmentally-friendly choice.

Resultado

Canned food is a nutritious, sustainable and cost-friendly option. When stored properly, canned foods will be good for several years.